Muitas pessoas se sentem incomodadas com a sensação de pele suja gerada pela oleosidade, que a deixa úmida no fim do dia. Para descobrir algumas dicas de como aliviar o incômodo e entender os possíveis tratamentos para o caso, o DermaClub conversou com a dermatologista Juliana Jordão, da cidade de Curitiba, capital do Paraná. Confira a entrevista!

Entenda o que é a sensação de pele suja e porque incomoda

Segundo a médica, geralmente, esses casos possuem características similares. “A maioria dos pacientes com essa queixa apresentam quadro de oleosidade severa e percebem que, ao decorrer do dia, esse efeito piora, deixando a pele brilhosa”, esclareceu.

Lavar o rosto várias vezes ao dia alivia o incômodo?

Para a dermatologista, lavar o rosto pode aliviar o incômodo no momento em que a face está em contato com a água, porém, não é indicado em demasia. “O sabonete remove a barreira de proteção natural da pele e, com isso, pode gerar o efeito rebote ou mesmo levar a quadros de dermatite”, disse, indicando o uso de cremes matificantes, que absorvem a oleosidade ao longo do dia e mantêm a hidratação. Além disso, lenços específicos para absorção do sebo são ótimos aliados.

Descubra quais são os tratamentos indicados para os casos

De acordo com a especialista, os tratamentos são realizados com produtos que controlem a oleosidade. “Podem ser usados sabonetes com ácido salicílico, tônicos e até escovas de limpeza elétricas - que promove higienização mais profunda. Também são utilizados produtos para renovação celular, como os ácidos retinoico, glicólico ou salicílico, muito eficazes à noite”, explicou, afirmando que filtros solares com efeito matte unem prevenção contra o fotoenvelhecimento e redução do brilho da pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.