A limpeza da pele é um dos cuidados mais importantes e que não pode ficar de fora da rotina de cuidados da pele. Para garantir a higiene correta, o ideal é usar sempre um sabonete específico para o seu rosto e corpo. Mas, além disso, você sabe o que considerar na hora de escolher o produto? Ele pode substituir outros dermocosméticos, como o demaquilante? Para responder essas e outras dúvidas, o DermaClub conversou com a dermatologista Tatiana Matos, de Salvador, Bahia. Confira!

1) É possível remover a maquiagem só com o sabonete?

Segundo a especialista, não é indicado retirar o make apenas com produtos de higiene básica, pois eles não são capazes de eliminar todas as impurezas. O ideal é começar com um demaquilante ou solução micelar, itens que garantem limpeza profunda sem danificar a pele, e, então, finalizar com o sabonete.

2) O que é mais indicado para o rosto, sabonete líquido ou em barra?

Para a dermatologista, não há diferença de indicação na apresentação do produto. “Na verdade, o que determina a indicação do sabonete para um paciente são os ativos que ele apresenta”, afirmou.

3) É recomendado lavar os cabelos com sabonete?

Não! A médica explicou que o produto agride a estrutura das madeixas e ainda pode irritar o couro cabeludo. “A região precisa de uma quantidade mínima de oleosidade para estar saudável e remover isso provoca sensibilidade. Por isso, é importante usar apenas produtos específicos para os fios”, disse.

4) Usar um sabonete com ativos hidratantes pode substituir o uso de cremes?

De acordo com a Dra. Tatiana, os dermocosméticos com propriedades nutritivas são indicados para o tratamento de peles secas, mas não devem nunca substituir os cremes. Isso por que os sabonetes não ficam tempo suficiente em contato com a pele para realmente cumprir a função de hidratação profunda.

5) Quanto mais espuma maior a limpeza?

A higienização da pele por meio do sabonete nada tem a ver com a quantidade de espuma que ele faz. “Algumas pessoas acham mais agradável tomar banho com um produto que faça espuma e acabam associando isso à limpeza eficiente”, afirmou.

6) É preciso usar sabonetes específicos para cada parte do corpo?

Sim! A dermatologista explicou que as características da pele mudam de acordo com a região do corpo. “Por exemplo, um paciente pode ter o rosto superoleoso, enquanto que o corpo é mais ressecado. Por isso, é importante atender as necessidades que casa área exige”, contou.

7) Por que é importante usar sabonetes específicos para cada tipo de pele?

Aplicar produtos indicados para outros tipos de pele podem provocar reações e comprometer a saúde do corpo. Portanto, as características de cada pessoa devem ser bem avaliadas por um dermatologista para a higiene adequada.

Procure um médico da Sociedade Brasileira de Dermatologia e inicie uma rotina de cuidados diários específica para o seu tipo de pele!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.