Todos possuem uma rotina de cuidados com a pele, mesmo que seja apenas o fato de lavar o rosto pela manhã. No entanto, independentemente do excesso ou falta de produtos e passos no tratamento diário, é comum que cometamos erros, o que pode afetar o resultado desejado. Pensando nisso, o DermaClub listou 7 erros comuns do dia a dia e como contorná-los. Confira!

1) Não remover a maquiagem: o acúmulo de produtos é prejudicial para a saúde do corpo. É importante ter na nécessaire um demaquilante que atenda às necessidades do seu rosto e, o mais importante, não ter preguiça de usá-lo. "Mais importante que estar linda de maquiagem é ter a pele saudável todos os dias", disse a dermatologista Luciana Kalache, da cidade de Curitiba. 

2) Não beber a quantidade de água necessária: além de ser um ótimo hidratante, a água é responsável por eliminar toxinas do organismo, a indicação dos médicos é que sejam ingeridos, no mínimo, dois litros por dia.

3) Esquecer de aplicar e reaplicar o protetor solar: a radiação solar em contato da pele gera consequências a curto e longo prazo, como queimadura solar, manchas, envelhecimento precoce e o temido câncer de pele. Para prevenir os problemas, a atitude é muito simples: use filtro solar de FPS maior ou igual a 30 diariamente e o reaplique de 2 em 2 horas. Para uma proteção completa, não esqueça também de aplicar seu antioxidante diariamente antes do filtro solar.

4) Usar produtos que não são indicados para as suas necessidades: cada pessoa tem características próprias em todos os aspectos e, com a pele, não é diferente. Seca, normal, mista ou oleosa, entender seu tipo de pele e utilizar produtos adequados a ela é muito importante para ver o resultado dos produtos.

5) Não cuidar da pele após a depilação: o processo de depilação dilata os poros, deixando a pele mais vulnerável. Após a depilação com lâmina, cera ou laser, é importante protegê-la do sol e das bactérias.

6) Usar produtos fora do prazo de validade: os dermocosméticos estão em contato direto com a pele, por isso, além de usar o produto ideal para você, fique atenta às datas de validade e descarte os vencidos.

7) Espremer cravos e espinhas: a melhor maneira de se livrar de cravos e espinhas é tratando o problema com o acompanhamento de um especialista. Espremer os cravos e espinhas pode agravar o quadro e retardar o processo de recuperação, além de aumentar as chances do aparecimento de manchas e marcas.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.