Você sabe a diferença entre desodorante e antitranspirante? Apesar de muita gente achar que ambos são a mesma coisa, estes produtos possuem funções distintas e, por isso, devem ser usados de forma apropriada para alcançar o resultado esperado. Ficou curiosa para saber qual das duas opções atende às necessidades das suas axilas? O DermaClub te explica!

Descubra a diferença entre desodorantes e antitranspirantes

Quando estão em desequilíbrio, as axilas costumam apresentar algumas características, como mau cheiro ou suor excessivo. E, para cada um desses casos, existe um tipo de dermocosmético ideal, a fim de tratar o problema. Enquanto o desodorante é um antimicrobiano, ou seja, controla as bactérias que causam mau cheiro na região; o antitranspirante evita o excesso de suor, bloqueando as glândulas sudoríparas e, assim, reduzindo a transpiração.

Como manter a pele da axila em equilíbrio?

Agora que você já sabe a qual produto recorrer para cada quadro, que tal investir em novos hábitos para manter a pele da axila sempre em equilíbrio? De acordo com dermatologistas, alguns cuidados diários podem fazer muita diferença no seu bem-estar e evitam tanto o mau cheiro, quanto a transpiração excessiva:

- Na hora do banho, invista em sabonetes antissépticos, que ajudam a controlar as bactérias causadoras do mau cheiro;

- Enxugue bem as axilas após a ducha, já que a umidade favorece a proliferação das bactérias;

- Opte por produtos eficazes, mas que respeitem a integridade da pele da sua axila, evitando irritações na região.

*Ficou com dúvidas? Procure o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e agende uma consulta!