Espinhas, manchas e até câncer: como barreira protetora do corpo, a pele sofre muitas agressões que podem acabar se manifestando sob a forma de doenças. Sua principal função é resguardar o organismo das agressões externas e controlar a temperatura local - com tantas responsabilidades, é normal que ela a região seja alvo de vários sintomas. Para ajudar a prevenir e tratar essas complicações, o DermaClub listou 3 doenças mais comuns que surgem na pele. Veja só!

1) Melasma

O que é? Melasma são manchas escuras que aparecem na pele por conta do aumento da atividade de melanócitos - células que produzem melanina na epiderme - e isso, consequentemente, vai causar um acréscimo no depósito deste pigmento nos queratinócitos - células que formam a epiderme. Portanto, os fatores que ocasionam essa forte produção de melanina vão desde a alta exposição solar, hormônios ligados às pílulas anticoncepcionais e à gestação.

Tratamento: Para tratar o melasma, em primeiro lugar, é necessário evitar a exposição solar em excesso e sem proteção. Sendo assim, aposte no uso de protetores com FPS 50, no mínimo, e em barreiras físicas - chapéus, bonés e óculos escuros. Se as manchas não conseguiram ser evitadas, existem formas de tratamento, como alguns procedimentos feitos no consultório, peelings clareadores e lasers, e o uso de produtos em casa à base de ácido retinoico (vitamina A), vitamina C e hidroquinona.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2) Acne

O que é? A acne, popularmente conhecida pelo aparecimento de espinhas, é uma lesão causada pelo aumento da produção de secreção das glândulas sebáceas, obstrução de poros e aumento da proliferação de bactérias. Esses processos inflamatórios são mais comuns na puberdade e em quem tem tendência à oleosidade, porém também podem surgir em qualquer tipo de pele ou fase da vida.

Tratamento e prevenção: Para evitar a acne, os cuidados devem começar com uma boa limpeza diária da pele. A maquiagem também deve ser removida antes de dormir e usar produtos, como filtro solar, indicados para o seu tipo de pele. Além disso, é importante visitar seu dermatologista para receber o tratamento apropriado das lesões.

3) Câncer da pele

O que é? O câncer da pele é uma doença com incidência de 180 mil casos por ano, de acordo com Instituto Nacional do Câncer (INCA). Ele pode ser do tipo não melanoma - mais comum e menos agressivo - e melanoma - mais raro e agressivo. Suas características costumam ser manchas na pele de assimetria, borda, cor, diâmetro e aspecto que variam.

Tratamento e prevenção: Mais importante que o tratamento é a prevenção que precisamos ter com o câncer da pele, que deve ser praticada com o uso diário do filtro solar com FPS 30, no mínimo, e de amplo espectro. Caso não tenha sido possível evitar a doença, o tratamento deve ser feito de forma mais precoce possível, que é a alternativa cirúrgica. Portanto, assim que notar um sinal suspeito no corpo, procure um dermatologista.