A drenagem linfática é uma técnica de massagem que é feita, normalmente, no corpo para eliminar o inchaço e a retenção de líquidos. Mas você sabia que esse procedimento também pode ser realizado no rosto? Pois é, esse ritual facial proporciona uma série de benefícios para a região e, o melhor de tudo, pode ser feito em casa com indicação de um profissional especializado. Para esclarecer todas as dúvidas sobre o assunto, o DermaClub conversou com a dermatologista Christiane Gonzaga, do Rio de Janeiro. Veja só!

O que é drenagem linfática facial?

De acordo com a médica, a drenagem é uma técnica de massagem que estimula o sistema linfático a funcionar de forma mais rápida. “A função do procedimento é retirar a linfa que fica acumulada entre as células. Assim como a drenagem linfática no corpo, a técnica facial tem por objetivo diminuir o inchaço do rosto e melhorar a circulação local”, explicou, lembrando que o procedimento deve ser feito por um profissional qualificado, fisioterapeuta ou esteticista. Quando é praticada da forma errada, não gera nenhum resultado.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Confira os benefícios dessa técnica para o rosto!

Por ativar a circulação sanguínea, a drenagem linfática estimula uma maior oxigenação dos tecidos, o que melhora a aparência do rosto com a diminuição das bolsas e suavização de algumas manchas superficiais. Além disso, os movimentos ajudam na redução do inchaço, promovendo também a diminuição de possíveis hematomas de pós operatório e, como uma boa massagem, o tratamento também relaxa e descongestiona a região.

Dizem que a massagem estimula o colágeno, deixa a pele mais firme e previne o envelhecimento precoce. É verdade?

De fato, a drenagem é uma boa coadjuvante na rotina de cuidados com a pele, mas não faz milagres. A Dra. Christiane afirma: “Ela jamais substitui a eficácia de um tratamento focado, mas é uma boa auxiliar da rotina de skincare, principalmente quando associada a cremes com ativos anti-idade, antioxidante, hidratante ou qualquer que seja o ativo indicado pelo seu dermatologista”, garantiu.

Como ela é feita e quantas vezes devemos praticar?

A massagem é feita com movimento leves e circulares pelo rosto em direção aos gânglios linfáticos e para ter os resultados desejados, a drenagem deve ser feita regularmente. “No mínimo, uma vez por semana junto a um especialista. Já a ‘versão caseira’, indicada pelo próprio profissional, pode ser feita uma vez ao dia”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.