Muito se fala sobre a aplicação do filtro solar e toda a sua importância para a saúde da pele a curto e a longo prazo. Mas, e no fim do dia, como deve ser feita a remoção desse produto? É preciso usar demaquilante? Fique tranquila, o DermaClub conversou com a dermatologista Luciana Kalache, de Curitiba, capital do Paraná, a fim de solucionar essa dúvida. Acompanhe a entrevista!

Entenda a importância da proteção solar no dia a dia

A proteção solar é hábito indispensável quando o assunto são os cuidados com a pele. Proteger-se da radiação, que está a cada ano mais intensa, previne o surgimento de manchas, o envelhecimento precoce e o temido câncer de pele. O fator de proteção mínimo presente no filtro solar indicado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia é de 30. Além do produto, é importante usar acessórios como óculos escuros, chapéus e manter-se na sombra nos horários em que a radiação é intensa.

Descubra como deve ser feita a remoção do filtro do solar

Segundo a dermatologista, a maneira correta de remover o filtro solar vai depender das características específicas de cada produto. “Água e óleo não se misturam. Por isso, é importante saber o que está presente na composição do filtro e limpar a pele da maneira correta”, explicou. A médica separou uma lista com as principais maneiras de retirar o dermocosmético. Confira:

- Os filtros solares mais hidratantes costumam ser mais oleosos, logo são facilmente removidos por veículos com as mesmas características. “Esses produtos necessitam de demaquilantes para limpeza completa”, disse;

- Já protetores mais leves, como sérum e gel, toque seco ou limpo, podem ser removidos apenas lavando com água e sabonete específico sem muita dificuldade;

- Filtros com cor ou físicos podem deixar resíduos na pele, por isso o ideal é que sejam removidos com auxílio do demaquilante.

A dermatologista ainda relembra os demais passos da limpeza diária da pele. “É importante lembrar que depois do uso do demaquilante a pele deve ser lavada com água e sabonete específico. De acordo com a necessidade de cada tipo de pele, logo após a higienização, ela pode ser tonificada e hidratada em sequência”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.