Com o passar dos anos, é inevitável que o corpo envelheça e a pele é um dos primeiros órgãos que apresentam esses sinais, como rugas, manchas, flacidez e perda do tônus. Apesar disso, alguns cuidados, como a hidratação aliada ao uso de antioxidantes, podem melhorar consideravelmente a aparência da pele e prevenir futuros danos ao corpo. Para saber mais sobre o assunto, o DermaClub conversou com o dermatologista Rubens Pontello, de Londrina, Paraná. Olha só!

Saiba o que causa e quando começa o surgimento dos primeiros sinais de envelhecimento da pele

Segundo o médico, o processo de envelhecimento da pele ocorre por dois mecanismos: intrínseco e extrínseco. “O intrínseco é o interno, que está diretamente ligado à genética. Assim, há pouco a se prevenir nesse ponto. Já o extrínseco é decorrente da interação da nossa pele com o ambiente: exposição solar, poluição, clima, tabagismo, baixa ingestão de água, alimentação desbalanceada e estresse. Esse envelhecimento pode ser controlado e retardado com cuidados específicos e hábitos saudáveis”, esclareceu.

Dessa forma, caso a pele não seja protegida contra a ação dos agentes externos, os primeiros sinais de envelhecimento podem surgir ainda na juventude. “Sobretudo em pessoas de pele mais clara, as sardas aparecem na infância, sendo um marcador do efeito da radiação solar. Já em jovens adultos, é possível notar as primeiras manchas e irregularidade na textura da pele”, comentou.

Descubra por que a pele perde tônus muscular e hidratação com o passar do tempo

A perda de tônus muscular é um dos efeitos do envelhecimento mais visíveis. De acordo com o dermatologista, o problema é causado pela degradação das fibras de colágeno, que começa a ocorrer naturalmente a partir do 25 anos de idade. “Inicialmente, há uma diminuição da reposição de colágeno degradado no organismo, e, posteriormente, associa-se a isso à produção de colágeno de baixa qualidade. Assim, há menos quantidade da substância na pele, resultando em flacidez”, disse.

Mesmo que uma das funções da pele seja regular a perda de água do organismo, com o passar dos anos, esse controle diminui, afetando sua hidratação. “O processo de envelhecimento favorece o aumento da perda de água pela barreira cutânea. A pele, então, torna-se ressecada e mais suscetível a irritações, além de acentuar as linhas finas superficiais”, explicou o Dr. Rubens.

Como prevenir o surgimento de sinais de envelhecimento no corpo

De acordo com o dermatologista, caso os cuidados adequados não sejam realizados, o processo de envelhecimento irá se acentuar progressivamente. Por isso, fique atenta às dicas: “A pele bem hidratada conserva sua função de barreira protetora. Além disso, para prevenir futuros danos, é imprescindível combinar o uso de antioxidantes e de fator de proteção solar diariamente”, completou. Hoje, o mercado oferece opções que aliam todos esses cuidados em um só produto. Por isso, converse com seu dermatologista para que ele indique os dermocosméticos ideais para as suas necessidades!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.