Conquistar uma pele bonita, com aparência jovem, é o desejo da maioria das pessoas, que apostam em cremes e tratamentos para alcançar o resultado. Entre os aliados com os quais você pode contar está a vitamina C. “Esse nutriente é um poderoso antioxidante, capaz de neutralizar os radicais livres formados na pele, que causam o envelhecimento precoce”, explicou a dermatologista Thais Pepe, de São Paulo, que revelou os benefícios da substância. Para garantir uma visão 360º, o DermaClub também conversou com a nutricionista funcional Yasmin Gonzalez, do Rio de Janeiro, que contou como inserir o ativo na alimentação e garantir um organismo mais saudável. Confira!

Entenda como a Vitamina C também age minimizando linhas de expressão

Além de ter uma forte ação antioxidante, esse nutriente estimula a produção de matriz extracelular dérmica, que corrige as rugas. Produtos que contenham vitamina C em sua fórmula proporcionam melhora na luminosidade da pele, conferindo mais tônus e brilho. Prefira emulsões aquosas ou seruns, que permitem maior penetração dos ativos até as camadas mais profundas da pele, garantindo grande eficácia no tratamento.

Como incluir produtos com Vitamina C em seu ritual de cuidados

Segundo Dra. Thais, a vitamina é o antioxidante mais abundante no organismo, o que beneficia não só a saúde do organismo, como também da pele. “Por isso, ela deve ser incluída na rotina de cuidados. Comece com a limpeza, com um sabonete específico para a pele do paciente; em seguida, aplique o tônico; e, logo depois, o sérum antioxidante que contenha o nutriente. Se esse processo for feito na parte da manhã é necessário acrescentar o protetor solar como último passo”, explicou.

Descubra o poder da vitamina C na alimentação

De acordo com a nutricionista Yasmin Gonzalez, a vitamina C merece espaço nos pratos diários para quem deseja uma aparência jovem. “Os radicais livres atrapalham o funcionamento normal da pele e do organismo. Além disso, esse nutriente deixa a pele rejuvenescida, bonita e participa ativamente da síntese de colágeno, promovendo firmeza e sustentação da região”, afirmou.

Yasmin destaca que existem dois tipos de antioxidante: os enzimáticos, que são naturais da pele, e os não-enzimáticos, que incluem a vitamina C. “Para mulheres, a recomendação da ingestão diária da vitamina é de cerca de 75mg/dia; enquanto para os homens é de 90mg/dia. Essas quantidades são facilmente atingidas por meio de fontes como a acerola, morango, goiaba, gojiberry, kiwi e laranja”, pontuou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.