Nos momentos de diversão com as crianças na praia, piscina e parquinhos são necessários cuidados especiais com a pele, já que elas ficam expostas ao sol e também precisam se proteger da radiação solar. Mas, você sabe qual é a idade ideal para começar a aplicar o protetor solar nos pequenos?

Saiba por que crianças precisam de proteção solar especial

De acordo com a dermatologista Christiane Gonzaga, do Rio de Janeiro, a proteção solar em crianças deve começar a partir dos seis meses, principalmente, por elas possuírem uma pele muito sensível - o que torna o uso do filtro solar ainda mais importante. Dessa forma, os protetores aplicados em crianças devem ser específicos e indicados por dermatologistas, pois os utilizados por adultos possuem substâncias que podem provocar reações alérgicas.

Descubra quais são os protetores solares recomendados para as crianças

“Para crianças de seis meses até dois anos, são indicados produtos com maior concentração de filtros físicos, além de FPS acima de 30. Após dois anos de idade, recomenda-se protetores específicos infantis, que sejam resistentes à água”, explicou. A médica também diz que protetores especiais para crianças têm menor quantidade de filtros químicos, sendo predominantemente físicos, que atuam refletindo os raios UVB e são mais seguros para peles sensíveis. Além disso, após o mergulho em praia ou piscina, o ideal é secar bem a pele com uma toalha e aplicar o produto novamente.

Além do protetor solar, quais são os cuidados necessários para proteger as crianças?

De acordo com a dermatologista, para viagens ou passeios ao ar livre, deve-se investir em barreiras físicas, como roupas que tenham proteção solar, chapéus ou bonés. “E, claro, não esquecer de reaplicar o filtro a cada duas horas”, contou. Lembre-se sempre que o melhor horário para exposição solar é antes das 10h e após às 16h.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.