Para manter a firmeza da pele é importante, além de hidratar e fazer tratamentos específicos para a região, ter uma boa alimentação. Substâncias, como antioxidantes, devem estar presentes na dieta para garantir a sustentação e elasticidade dos tecidos. Pensando em diminuir as dúvidas e melhorar o aspecto visual do rosto e do corpo, o DermaClub revela 5 alimentos que podem ajudar sua pele no combate à flacidez. Confira!

Descubra como melhorar a flacidez através da alimentação

A boa alimentação é importante para o funcionamento ideal do organismo como um todo. Confira a lista com cinco alimentos que ajudam a melhorar a flacidez:

1) Gelatina: apresenta grandes quantidades de colágeno, que tem função estrutural responsável por manter a elasticidade e tensão entre as células. Além de melhorar o aspecto visual da pele, também é importante para unhas e cabelos, deixando-os mais resistentes e brilhosos;

2) Frutas vermelhas: amora, morango, cereja, framboesa, entre outras, são ricas em antioxidantes, que agem contra os radicais livres - átomos que se unem às células boas e anulam suas funções. Incluir estes alimentos no cardápio é muito simples: você pode comê-los in natura, como sucos, com iogurte ou na salada de frutas;

3) Alimentos alaranjados: é possível obter a vitamina A, que contribui para a produção das fibras de colágeno, por meio da abóbora, cenoura e manga. Consuma pelo menos um item em alguma das principais refeições;

4) Frutas cítricas: são ricas em vitamina C e também colaboram para a formação de colágeno. É possível temperar a salada com limão ou tomar suco de kiwi, laranja ou acerola;

5) Aveia: além de regular o intestino, o que ajuda na aparência da pele, o cereal é fonte de silício, que é indispensável na produção de colágeno. Você pode adicionar no mingau, no iogurte ou na vitamina.

Alguns alimentos podem ser vilões para a saúde da pele

É importante estar atenta não só ao que incluir na dieta, mas também ao que é preciso evitar. Existem alimentos que estimulam ou agravam a flacidez no corpo. Por isso, evite comidas muito doces, refrigerantes, frituras, embutidos e alimentos ricos em sódio. Não se esqueça de procurar o seu nutrólogo ou nutricionista para indicações mais especializadas!