A foliculite é uma inflamação que acomete várias partes do corpo, como nas pernas, coxas, glúteos e couro cabeludo. Mas você sabia que essa doença de pele também pode surgir no rosto, principalmente nos homens? Essas bolinhas vermelhas que coçam muito costumam aparecer onde fica a barba - na região do rosto e pescoço. Mas como podemos tratar esse problema? Qual é a melhor forma de evitar a foliculite na face principalmente logo após o barbear? O DermaClub explica para você!

Quais são as causas da foliculite no rosto?

No rosto, na maioria das vezes, o problema surge devido à depilação com cera ou lâmina, já que esses procedimentos normalmente não respeitam a direção do crescimento dos pelos, causando a inflamação do folículo piloso por encravamento ou trauma. Sendo assim, na região facial, essa complicação leva o nome de pseudofoliculite. Além disso, muitas vezes o uso da lâmina agrava os casos de foliculite causados por infecção bacteriana.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Conheça os tipos de foliculite no rosto

Pseudofoliculite da barba: é a inflamação causada pelo encravamento dos pelos. Nos homens, é mais comum onde fica a barba - na região do rosto e pescoço. Já nas mulheres que fazem depilação, também estão sujeitas a desenvolver essa reação principalmente na região das axilas e virilha.

Foliculite no rosto ou sicose da barba: neste caso, o agente transmissor é uma bactéria chamada Staphylococcus aureus. As bolinhas vermelhas aparecem na região da barba, face, lábio superior, queixo e mandíbula dos homens adultos. Têm a forma de pápulas ou pústulas com um pelo no centro, ou de crostas que podem juntar-se para compor placas avermelhadas. A repetição do ato de barbear pode tornar a infecção mais grave e resultar em cicatrizes.

Os melhores cuidados para tratar a foliculite no rosto

1) Lavar o local utilizando água morna e sabonete antisséptico para o seu tipo de pele;
2) Se barbear ou depilar de forma correta, de acordo com o sentido do crescimento do pelo;
3) Usar pomadas ou cremes corticóides;
4) Usar tópico de pomadas ou cremes antifúngicos;
5) Usar água termal à vontade ou em casos de irritação e vermelhidão;