Durante a gravidez, é comum notar algumas mudanças no corpo da mulher. Além do crescimento da barriga, podem haver alterações na pele, como sensibilidade e surgimento de manchas e estrias. Se você é gestante ou está pensando em engravidar, fique atenta às dicas do DermaClub, que conversou com a dermatologista Tatiana Matos, da Bahia, para entender como evitar essas alterações da pele. Olha só!

Descubra as mudanças que acontecem na pele durante a gestação

De acordo com a médica, durante a gravidez, a mulher pode apresentar diversas alterações na pele. Entre as mais comuns estão as modificações pigmentares, como o melasma - manchas escuras que, geralmente, aparecem no rosto - e a hiperpigmentação, como o escurecimento da aréola mamária e o aumento de sinais na pele. “Outras mudanças que também acontecem no corpo nessa fase são o aparecimento da acne, o aumento de pelos, alterações nas unhas e o surgimento de estrias”, contou.

A pele fica mais sensível durante a gravidez? Entenda

Para a Dra. Tatiana, a sensibilidade da pele durante a gravidez acontece devido às alterações vasculares, caracterizada pelo aumento da quantidade de vasos sanguíneos. Dessa forma, a pele fica mais avermelhada do que antes da gestação e qualquer estímulo irritativo, aumenta a dilatação dos vasos, levando à sensibilidade.

Saiba quais são os cuidados e tratamentos recomendados para a pele da grávida

Segundo a dermatologista, o primeiro cuidado que não pode ser deixado de lado é o uso do filtro solar, diariamente, mesmo em ambiente fechado, já há tendência de surgimento de manchas na pele devido ao estímulo de hormônios. “Também costumo recomendar a hidratação, tanto oral quanto em cremes, para aumentar a elasticidade da pele e prevenir estrias. Assim, como o uso da água termal, que reduz a sensibilidade ao mesmo tempo em que nutre”, disse.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.