A gravidez é uma fase de descobrimentos e muitas dúvidas, especialmente, para as mães de primeira viagem, já que tudo é novo - desde os sentimentos e sensações até os cuidados com a saúde da pele. Então, é comum surgirem questionamentos em relação aos produtos e ativos que podem ser utilizados para não afetar, principalmente, a saúde do bebê. Para esclarecer o tema, o DermaClub conversou com a dermatologista Tatiana Matos, da Bahia. Olha só!

Entenda a importância da hidratação da pele durante a gravidez

Segundo a médica, durante a gravidez, a pele da mulher é submetida a um estiramento constante e progressivo devido ao crescimento do bebê. “Por isso, é necessário hidratar o corpo para manter a pele com o máximo possível de elasticidade, evitando o surgimento de estrias”, afirmou a Dra. Tatiana, enfatizando que as áreas que necessitam de maior atenção são seios, barriga, flancos, coxas e glúteos. Assim, o ideal é procurar produtos que contenham glicerina, manteiga de karité, óleo de amêndoas e óleos minerais em sua composição, que são ativos liberados para as gestantes.

Além disso, outro cuidado essencial é o uso do protetor solar. Isso porque o produto com alto FPS e, preferencialmente, com cor, ajuda na prevenção do melasma - surgimento de manchas escuras na pele, comuns durante a gravidez.

Saiba quais ativos e produtos devem ser evitados durante a gravidez

Você já deve ter ouvido falar que, durante a gravidez, as mulheres precisam se preocupar ainda mais com os produtos aplicados na pele. De acordo com a médica, isso acontece porque algumas substâncias podem passar pela barreira placentária, causando alterações na formação do feto. “Dentre os ativos contraindicados para as gestantes, os principais são a ureia, o ácido salicílico e os retinoides”, contou.

Agora que você já sabe quais são os principais cuidados, que tal procurar um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia para ter acompanhamento médico durante a gestação? Sua pele agradece!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.