A depilação é um passo indispensável na rotina de cuidados de muitas pessoas, seja no salão de beleza ou em casa. Os métodos podem ser vários - lâmina, cera, espumas depilatórias ou o depilador elétrico - e você precisa incluir alguns cuidados para que a região fique lisinha e macia, além de evitar vermelhidão, coceira, pelo encravado, foliculite, entre outros problemas. Saiba como realizar o ritual em casa com o passo a passo a seguir:

Passo #1) Limpe a região a ser depilada

Antes de fazer a depilação, é necessário preparar a pele com uma limpeza. Manter a pele bem higienizada sem qualquer resquício de produtos com parabenos ou álcool evita infecções, encravamento de pelos e foliculites na área a ser manipulada. Faça com um sabonete específico para a região - corpo ou rosto - e com ativos calmantes que ajudem a evitar irritações na pele.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Passo #2) Faça esfoliação na pele

Este passo é muito importante para prevenir o encravamento de pelos. A esfoliação é muito recomendada antes de depilar partes do corpo que mais sofrem com o atrito das roupas, um dos motivos dos pelos encravados, como pernas, coxas e virilha. Quem tem a pele do rosto sensível, não pode realizar essa etapa na região.

Passo #3) Chegou a hora de depilar

Cera: aplique a cera na região desejada no sentido do crescimento do pelo e, com ajuda de um papel específico para esse tipo de depilação, puxe a cera no sentido contrário. É importante que o material seja usado apenas uma vez em cada parte do corpo para evitar a contaminação de doenças de pele, como micose, fungos ou infecções bacterianas.

Lâmina: já na remoção com lâmina é indicado o uso de palheta descartável, que deve ser trocada com frequência e higienizada após o uso. É aconselhado fazer a depilação no banho, pois o calor ajuda a amolecer os pelos e abrir os poros. Passe a lâmina o menor número de vezes possíveis e busque sempre o sentido de crescimento do pelo.

Espumas: muita gente está usando esse método pela facilidade do produto. Porém, antes de usar essas espumas ou mousses depilatórios, é importante consultar um dermatologista para descobrir se o dermocosmético em questão é seguro.Produtos assim também podem causar mais risco de alergia ou reação na pele.

Depilador elétrico: com a pele limpa e seca, basta passar o depilador elétrico na região que deseja remover os pelos. Neste caso não tem muito mistério, mas é sempre importante consultar um dermatologista para entender o método ideal de depilação para a sua pele.

Passo #4) Após se depilar, borrife água termal

Logo depois do procedimento, evite aplicar produtos com substâncias reativas, como álcool, perfume ou parabenos. Isso porque cremes, óleos ou loções inapropriadas podem cooperar na obstrução dos poros, causar pelos encravados ou alguma alergia na pele. Para acalmar e reparar as áreas depiladas, invista no uso da água termal.

Passo #5) Aplique um hidratante para a pele sensível

Com a pele calma, chegou a hora de hidratar a região. Aposte em um produto com ativos leves e que ajudem a nutrir a área que foi depilada sem causar irritação, como a manteiga de karité, glicerina e a mistura do cobre + zinco + manganês.

Passo #6) Use filtro solar para evitar manchas

Muita gente acaba esquecendo desse passo, mas passar o filtro solar após a depilação também é importante para prevenir o surgimento de queimaduras e manchas na pele. Use um produto específico para a região manipulada - corpo ou rosto - com amplo espectro e FPS 30, no mínimo.