A hidratação é uma etapa muito importante na rotina de cuidados com a pele. Esse ritual deve ser feito em todas as épocas do ano, inclusive no verão, estação em que perdemos a maioria dos nutrientes hidratantes do nosso corpo por conta da alta sudorese - o que acaba deixando a pele mais exposta aos danos dos raios solares, da poluição, água salgada, entre outros. A fim de manter a região muito bem protegida das agressões típicas dessa temporada, o DermaClub conversou com a dermatologista Christiane Gonzaga, do Rio de Janeiro. Confira!

Por que a pele no verão fica tão desidratada?

No verão, todo nosso corpo está mais sujeito à desidratação. Devido ao calor intenso, transpiramos mais que o normal, o que acaba refletindo em uma enorme perda de água e nutrientes pelo suor. A médica, explica que com a pele acontece o mesmo: “Somado a isso, ainda ficamos mais expostos ao sol, ao ar-condicionado e às mudanças de umidade do ar, que são bem características da estação. E, para aqueles que gostam de aproveitar o dia na praia ou piscina, a combinação da água do mar ou com cloro, vento e sol tende a ressecar a pele ainda mais”, atentou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Qual tipo de pele é mais prejudicada no verão?

Se não houver o devido cuidado, todas as peles podem ser prejudicadas na estação. “A pele seca e sensível, por exemplo, pode ficar mais ressecada, apresentando irritação, coceira e até feridas. Já a pele oleosa, com o calor, pode produzir ainda mais sebo e ficar com uma aparência bem brilhosa - outro risco da pele oleosa é o efeito rebote, que é causado pela lavagem excessiva do rosto e pode acabar piorando a oleosidade”, disse a Drª Christiane.

Como podemos repor a hidratação na pele durante a estação?

A hidratação pode ser reposta com cremes ou loções hidratantes corporais. A profissional também ressalta a ingestão de dois a três litros por dia. “Com esses cuidados, a pele mantém a hidratação e a probabilidade de ressecar diminui”. Outra dica é apostar em um protetor solar com potencial hidratante e alto FPS que ajuda a manter a região protegida dos danos causados pelos raios solares.

Produtos e ativos hidratantes para usar no verão

A versão do hidratante vai de acordo com a preferência da pessoa e o tipo de pele que ela possui. No entanto, a dermatologista indica: “Peles secas tendem a se beneficiar mais de produtos mais densos, como cremes. As oleosas se adaptam melhor a uma textura mais leve, como gel e loção. Ativos como lactato de amônia, uréia, extratos de camomila e calêndula retêm água e impedem a desidratação da pele. No rosto, capriche em uma boa dose de antioxidantes para neutralizar os radicais livres”, recomendou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.