Chegou a hora de dormir e cadê o sono? Se você é uma dessas pessoas que sofrem com insônia, sabe o quanto é difícil passar a noite sem dormir, quando precisa descansar após um longo dia de estresse. Estudos apontam que um a cada cinco adultos são afetados por esse distúrbio e os danos causados pelas noites mal dormidas ficam logo aparentes na pele. Pensando nisso, o DermaClub conversou com uma dermatologista do Rio de Janeiro, Christiane Gonzaga, para entender o que fazer para evitar esse problema. Confira!

Insônia: por que esse distúrbio acontece?

As causas da insônia podem ser diversas! Mas a dermatologista afirma que entre as mais comuns estão o estresse, depressão, ansiedade e horários de sono desregulados. “Até mesmo o consumo de álcool, nicotina e cafeína em momentos antes de ir deitar cooperam para o aparecimento desse problema. Além disso, doenças mais graves também podem ser associadas a esse distúrbio, como câncer e problemas respiratórios”, explicou.

Veja quais são os sintomas da insônia que podem atrapalhar a sua noite

A insônia também pode se manifestar de maneiras diferentes e, para cada uma delas, é necessário identificar a causa e os sintomas para encontrar uma solução adequada. De acordo com a Dra. Christiane, os principais sintomas são:

- Dificuldade de adormecer;
- Acordar muito cedo ou durante à noite sem motivos;
- Não se sentir descansado, mesmo após uma longa noite de sono;
- Apresentar estresse, ansiedade, irritação e cansaço extremo ao longo do dia;
- Problemas de concentração;
- Dores no corpo, de cabeça e problemas intestinais

Conheça quais os efeitos que a insônia pode causar na sua pele

Segundo a médica, a privação do sono faz com que o nosso corpo aumente a produção do hormônio do estresse (cortisol), que pode afetar negativamente a pele. Com isso, durante o sono, há a diminuição da produção de substâncias que exercem funções calmantes e reparadoras. “Assim, a pele perde a elasticidade e o viço, e há o aparecimento de olheiras na região dos olhos. Portanto, a insônia leva a um envelhecimento precoce e ao possível surgimento de mais rugas e linhas de expressão”, contou.

É possível controlar a insônia com uma alimentação saudável

Sabe aquele ditado que diz que é bom evitar comida pesada antes de ir dormir? Verdade! A dermatologista comenta que essa é uma das principais medidas para um sono mais tranquilo e para aumentar a disposição e a energia. Por isso, alimentos como banana, frutas com vitamina C, peixes, vegetais com folhas verdes são os mais indicados para diminuir o nível de estresse e relaxar para a hora de dormir.

Consigo prevenir a insônia? Veja quais são os cuidados necessários

Se você não quer sofrer com esse problema: calma! É possível evitar! A Dra. Christiane explica que, com alguns hábitos, a insônia pode passar bem longe de você. Confira as dicas:

- Evite alimentos gordurosos e as grandes refeições antes de dormir;
- Mantenha hábitos de sono regulares, para que seu corpo se acostume com um horário definido;
- Deixe o quarto bem escuro! A luz pode atrapalhar caso você possua dificuldades para pegar no sono;
- Pratique atividades físicas pelo menos três vezes na semana. Exercícios ajudam a relaxar o corpo e facilitam na hora de dormir.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.