É possível que você já tenha escutado falar em efeito rebote da oleosidade e saiba que ele acontece quando ocorre um efeito contrário do que se esperava, a oleosidade da face aumenta após a rotina de tratamento da pele oleosa. Em conversa com a dermatologista do Rio de Janeiro, Christiane Gonzaga, o DermaClub procurou entender sobre esse problema. Confira!

Efeito rebote: saiba o que é efeito rebote e por que ele ocorre na pele

De acordo com a Dra. Christiane, geralmente, o efeito rebote está associado ao aumento de produção da oleosidade na pele, que ocorre justamente quando removemos. “Ele acontece porque ao utilizar produtos destinados a conter o excesso de óleo no rosto, retira-se também a hidratação natural da pele. Dessa forma, em uma tentativa de proteção, o organismo responde produzindo ainda mais sebo cutâneo”, explicou.

O efeito rebote acontece apenas em pele oleosa?

A resposta é não! A dermatologista conta que esse problema pode acontecer em todos os tipos de pele, a partir do momento em que são adotados hábitos ou produtos que venham a ressecar demais o rosto, retirando a hidratação natural. Por isso, peles secas, normais, mistas e oleosas podem ter o efeito rebote.

Conheça quais são os cuidados recomendados para evitar o efeito rebote

É de conhecimento geral o quanto é importante consultar um especialista para saber a frequência de uso e o produto ideal para cada pessoa, já que varia de acordo com o tipo de pele. Com isso, a médica dermatologista dá algumas dicas para evitar esse efeito:

- Invista em hidratantes adequados para seu tipo de pele! Com a rotina, a exposição à poluição e maquiagem são inevitáveis, fazendo com que a pele precise de hidratação diária;

- Para peles secas, o ideal são produtos em creme, e as mistas e oleosas devem optar por fórmulas em gel ou séruns oil free de rápida absorção.

- Lave o rosto apenas duas vezes por dia, com sabonete adequado para o seu tipo de pele;

Minha pele possui tendência ao efeito rebote! E agora?

Segundo a Dra. Christiane, hidratação é o segredo! Desde que o produto seja ideal para o seu tipo de pele. “Como esse efeito é resultado de uma tentativa da pele em recuperar a sua hidratação natural, o uso diário de hidratantes auxilia nessa recuperação, tornando a pele mais lisa, uniforme e sequinha”, afirmou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.