Alguns hábitos diários podem passar despercebidos, mas afetam diretamente a saúde da sua pele. Você se protege sempre que vai se expor à luz visível, que é emitida pelas lâmpadas e até pelo celular? De acordo com a dermatologista Gabriella Albuquerque, do Rio de Janeiro, a radiação emitida por esses veículos é uma das maiores responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele.

Veja como a luz visível pode acelerar o envelhecimento cutâneo

Segundo a médica, a luz visível promove o aumento na produção de radicais livres, tornando a pele mais opaca, sem brilho, menos viçosa e favorecendo o aparecimento de rugas acentuadas. “Estudos comprovam como a luz visível piora o surgimento do melasma, por exemplo. Por penetrar de forma mais profunda na pele, ela promove uma pigmentação mais difícil de tratar”, explicou.

Quais são os cuidados recomendados para prevenir o envelhecimento causado pela luz visível

A melhor maneira de evitar os danos da luz visível na pele é apostar na proteção diária. “O filtro solar deve ser presença certa na rotina de cuidados para evitar os danos das radiações ultravioleta e infravermelha”, revelou. Para escolher o melhor produto ideal para você, procure um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.