Doenças de pele podem aparecer em qualquer época do ano, mas é no verão que muitas delas surgem em decorrência dos raios solares e do clima quente e úmido da estação. As manchas na pele, o melanoma e o pano branco são algumas das complicações mais comuns. O DermaClub explica quais outras doenças frequentes da temporada e diz o que fazer para proteger a pele delas.

1) Micose de pele (pano branco)

A micose de pele é uma infecção causada por fungos. Ela surge com mais frequência no verão, devido à alta umidade do ar. No caso do pano branco, esse microrganismo é conhecido como pitiríase versicolor, e é o tipo mais comum no verão por conta do excesso de suor na pele. Ela se manifesta através de manchas brancas ou vermelhas que coçam.

“As manchas são comuns sobretudo nas áreas de dobras, que vão dos dedos dos pés até a virilha, mas também podem afetar unhas e tronco”, explicou. Essas lesões podem ser confundidas com várias outras doenças de pele, como, por exemplo, a dermatite atópica. Para não haver dúvidas, o ideal é consultar um dermatologista assim que notar os primeiros sintomas.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2) Melanoma

O melanoma é o tipo mais raro e agressivo de câncer da pele. Ele pode surgir do nada ou a partir de uma pinta ou sinal antigo e, assim, se transformar no tumor. O principal motivo para o desencadeamento desta lesão é, sem dúvidas, a radiação solar, principalmente durante o verão. Para identificar um melanoma, a Drª Flávia indica fazer sempre o autoexame e seguir o método ABCDE (Assimetria; Bordas; Cor; Diâmetro e Evolução).

3) Manchas na pele de melasma

O melasma é uma mancha escura, com tonalidade marrom, que surge em áreas do rosto e em outros lugares do corpo expostos, como braços, pescoço e colo. O problema surge com o aumento da atividade de melanócitos - células que produzem melanina na epiderme. Sendo assim, as manchas de pele podem surgir através da exposição solar excessiva e hormônios da gravidez ou do anticoncepcional.

4) Manchas solares

Manchas solares são aquelas causadas pelo sol e ocorrem normalmente em pacientes com a pele clara ou morena que ficam expostos ao sol sem o uso do protetor solar. As partes do corpo mais afetadas são as mãos, braços, rosto e pescoço, podendo surgir em todas as idades.

5) Acne solar

A acne solar está ligada aos danos provocados pela radiação. “Essas espinhas surgem, principalmente, devido ao aumento da oleosidade e a partir do uso de protetores e cremes mais densos”. O problema tende a se intensificar no verão e costuma atingir áreas do corpo como rosto, pescoço, ombros, tórax e costas.

Para o prevenir essas doenças de pele no verão, é importante o uso do protetor solar com FPS acima de 50 e de barreiras físicas, como chapéus, óculos e roupas com proteção UV.