Novidade entre os tratamentos estéticos para prevenir o envelhecimento e flacidez da pele, o MD Codes virou tendência entre as beauty addicts. A técnica foi desenvolvida para cooperar na identificação dos pontos do rosto a serem melhorados, respeitando a particularidade de cada formato facial. Pensando nisso, o DermaClub conversou com a dermatologista Juliana Jordão para entender como funciona o procedimento estético e os seus benefícios para a pele. Confira!

Entenda o que é o MD Codes e como o procedimento estético funciona na pele

Você sabia que o MD Codes é uma técnica desenvolvida por um cirurgião plástico chamado Dr. Maurício de Maio? De acordo com a dermatologista, o procedimento codifica os pontos de sustentação da face, que auxiliam na potencialização dos resultados com preenchimento para a redução da perda de volume e melhora do contorno facial.

Como cada rosto tem um formato distinto, flacidez em pontos diferentes, perda de volume de gordura em áreas específicas e menor ou maior estrutura óssea, o tratamento previne com mais eficácia o envelhecimento. “O MD Codes foi desenvolvido para ajudar os dermatologistas e cirurgiões plásticos a identificarem os pontos que exigem intervenção. Ele não só promove a melhora das proporções faciais, mas, principalmente, previne o aparecimento precoce da flacidez em pacientes predispostos”, explicou.

MD Codes + ácido hialurônico: veja qual a relação desse procedimento com o ativo

Segundo a Dra. Juliana, a sustentação e a reestruturação facial é feita com a aplicação do ácido hialurônico nestes pontos codificados pelo MD Codes. Cada área exige uma abordagem e o procedimento deve ser feito por dermatologistas treinados. A médica ainda afirma que não existe uma idade adequada para realizar o tratamento. “O processo também pode ser feito em adultos jovens, em pequenas quantidades, visando a prevenção da flacidez, rugas e perda de volume”, disse.

Conheça quais são as áreas indicadas para a aplicação do MD Codes

São diversos os pontos no rosto indicados para a aplicação, desde a testa até a região mandibular. “As regiões tratadas com maior frequência são a área malar (maçã do rosto), que perde volume e sustentação, especialmente após processos de emagrecimento; e a região do mento (parte inferior dos lábios e da face)”, afirmou.

Saiba quais são as contra-indicações e cuidados necessários após a realização do MD Codes

Todo tratamento possui suas contraindicações! A Dra. Juliana comenta que as do MD Codes são as mesmas do ácido hialurônico. Sendo assim, não é recomendado para gestantes e pessoas alérgicas a algum dos componentes da fórmula. Além disso, após o procedimento, é recomendado evitar massagem no local por 24 horas e atividades físicas nesse período.

Descubra qual o tempo de duração do MD Codes na pele

Diante de um tratamento, a pergunta sobre o tempo de duração dele é sempre inevitável. A dermatologista explica que a “validade” do procedimento depende do produto utilizado, da região tratada e de características individuais do paciente, podendo variar entre dois a nove meses. Porém, mesmo após esse período, é possível observar uma melhora sustentada das regiões, já que o produto estimula a produção de colágeno.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.