A queda de cabelo é um assunto que preocupa muita gente. Durante o banho ou ao pentear as madeixas, é normal que caiam alguns fios, mas quando você começa a perceber tufos pela casa ou no travesseiro, esses podem ser sinais de alerta. Existem muitos fatores que influenciam essa perda, como a seborreia (caspa), uso de químicas agressivas, ou a alopécia. Para esclarecer as possíveis causas da queda, o DermaClub bateu um papo com a dermatologista Gabriella Albuquerque, do Rio de Janeiro. Veja só!

Quais são as causas mais comuns da queda de cabelo?

De acordo com a médica, “a queda de cabelo pode acontecer por conta de diversos fatores, sendo os mais comuns após o parto, com a suspensão do uso de contraceptivos orais, depois de alguma infecção sistêmica ou consequência de uma crise de estresse excessivo”, esclareceu.

A dermatologista também fala que é importante observar constantemente a movimentação dos seus fios, pois a maioria das quedas não acontecem exatamente no momento em que o fator desencadeante está ocorrendo, as consequências aparecem após três meses do episódio em questão.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

O que é alopecia? Quais são os sintomas?

A alopecia pode ser outro motivo da perda dos seus fios. “A doença se caracteriza pela redução dos cabelos que pode ser através da queda ou da diminuição no seu surgimento”, explicou. Neste caso, é fundamental reparar se você está apenas perdendo os cabelos ou se além disso não estão nascendo novos. O problema costuma provocar grandes falhas na região, deixando o couro cabeludo à mostra.

Sinais de alerta da queda de cabelo

A Drª. Gabriella afirma que devemos sempre observar os momentos em que acontece a queda dos fios. “Quando penteamos ou lavamos as madeixas é normal que alguns cabelos caiam, já que o fio molhado tem aumento do seu peso molecular, causando a queda natural. Porém, devemos observar se estão aparecendo tufos no travesseiro ou no chão onde da nossa casa, principalmente do quarto”. Se isso anda acontecendo com você, o ideal é procurar um dermatologista para diagnóstico e tratamento.

O que fazer para que o cabelo cresça de novo?

Antes de tomar qualquer atitude, o mais importante é procurar um dermatologista ou especialista em tricologia para fazer uma avaliação sobre essa queda de cabelo. A Dra. Gabriella explica que essa análise deve ser feita a partir dos seguintes pontos:

1) Exame de sangue: para saber se existe alguma deficiência de vitamina D e de ferritina, principais causas de queda de cabelo.

2) Observação dos fios: essa checagem deve ser feita pelo especialista e pode esclarecer se existe alguma doença específica do próprio fio ou alguma doença sistêmica que esteja ajudando neste processo.

3) Como você costuma lavar o cabelo? Quando não higienizamos a cabeça de forma regular ou lavamos com shampoos que não limpam de forma adequada, podemos desenvolver uma dermatite crônica e este processo pode desencadear a queda dos fios.

Quer tirar mais dúvidas sobre o assunto? Confira o guia de cuidados com o cabelo feito pelo DermaClub!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.