Clique aqui para conhecer todos os benefícios do nosso clube e cadastre-se!
Dermaclub

Mito ou verdade: a pele oleosa envelhece mais devagar do que a seca?

O envelhecimento cutâneo é um processo inevitável, que pode ser antecipado por alguns fatores, como a radiação solar, poluição e a falta de cuidados com a pele. Mas dizem que alguns tipos podem envelhecer mais devagar como, por exemplo, a pele oleosa. Será mesmo? Para esclarecer se é mito ou verdade, o DermaClub entrevistou a dermatologista Flávia Addor, de São Paulo. Veja só!

É verdade que a pele oleosa envelhece mais devagar do que a seca?

A médica explica que todas envelhecem no mesmo ritmo, porém, existe um detalhe que torna esse processo um pouco mais visível para um tipo específico: “A pele seca tem uma epiderme mais irritável e descamativa, denotando o aspecto mais envelhecido, opaco e craquelado, tornando as rugas mais evidentes”, explicou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Em contrapartida, a pele oleosa fica lustrosa, o que pode ser confundido com um aspecto hidratado e preenchido. Por isso, temos a sensação de que aquele rosto é menos envelhecido, já que a hidratação acaba camuflando as linhas de expressão da pele.

Cuidados com a pele oleosa para evitar o envelhecimento precoce

Em primeiro lugar, evitar a radiação solar! “Assim como na pele seca, precisamos proteger a oleosa com o uso de filtros solares adequados - os produtos precisam ser mais fluidos, menos oleosos e não comedogênicos”, recomendou. Além disso, também é importante praticar uma higiene adequada e aplicar produtos indicados pelo seu dermatologista para controlar a oleosidade, sem ressecar o rosto.

Aprenda a controlar a oleosidade da pele!

Segundo a Drª Flávia, existem muitos produtos que ajudam a regular a produção de sebo e também a remover a secreção da superfície da pele. Entre eles podemos citar: as classes de ácidos, como os alfa hidroxiácidos, beta hidroxiácidos, lipo hidroxiácidos, e ainda ativos como o zinco e a niacinamida são exemplos de ativos presentes em produtos que, além de regularem a oleosidade da pele, previnem as lesões acneicas.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicado em: Segunda-feira 27 de maio de 2019 - 13h44

Modificado em: Terça-feira 09 de julho de 2019 - 15h51

0
0
0
0
http://www.laroche-posay.com.br/?utm_source=loreal-dcb-site&utm_medium=referral&utm_content=header&utm_campaign=always-on http://www.vichy.com.br/?utm_source=loreal-dcb-site&utm_medium=referral&utm_content=header&utm_campaign=always-on http://www.skinceuticals.com.br/?utm_source=loreal-dcb-site&utm_medium=referral&utm_content=header&utm_campaign=always-on https://www.cerave.com//?utm_source=loreal-dcb-site&utm_medium=referral&utm_content=header&utm_campaign=always-on