As proteínas são necessárias na alimentação do ser humano porque ao serem ingeridas, se quebram em aminoácidos, que são indispensáveis ao crescimento celular e sua renovação. Um dos desafios para quem quer ter uma alimentação saudável é saber como ingerir a quantidade certa de proteínas sem recorrer apenas a alimentos que sejam de origem animal. Não sabe como substituir esses nutrientes no dia a dia para comer de forma mais saudável? O DermaClub te conta!

Descubra alimentos para substituir a proteína animal pela de origem vegetal

Diversos vegetais são capazes de fornecer uma grande quantidade de nutrientes ricos em proteínas. O diferencial é saber como combiná-los em sua alimentação para comer de forma saudável. Confira quais são:

1) Tomate: ótimo para manter um bom bronzeado por ter betacaroteno, que atua na produção de melanina. Além disso, possui 18% de proteína e é rico em antioxidante, potássio, ferro, fósforo e vitaminas A, B e C;

2) Leguminosas: o feijão é uma das melhores fontes de proteína de origem vegetal. Junto com ele, ervilhas, favas, lentilhas e alguns cereais também são ricos nesse nutriente. Porém, esses alimentos precisam ser bem encaixados para que a união deles faça uma boa combinação de proteínas;

3) Pimentão: além de ter 22% de proteínas, é rico em vitaminas C e A, cálcio, fósforo e ferro e tem propriedades vermífugas, que ajudam a limpar o estômago;

4) Cogumelos: é uma excelente fonte, com 38% de proteína! Os cogumelos comestíveis podem ser encontrados em variadas receitas saborosas, e os mais indicados são: paris, shitake, shimeji, porcini, portobello e trufas. O cogumelo Paris, por exemplo, é comum em receitas de molhos, pizzas, estrogonofe e saladas.

5) Brócolis: rico em minerais como ferro, potássio, sódio, cálcio, concentra também 45% de proteína. Por isso, é considerado um superalimento pela sua grande qualidade nutricional. Existem alguns estudos que ligam o consumo diário desse vegetal à diminuição de doenças do coração, gastrites e úlceras. E ainda faz bem para os ossos, cabelos, dentes, pele, unhas e no combate à anemia;

6) Couve-flor: estrela de várias receitas saborosas, a couve-flor contém 40% de proteína. Cheia de potássio, fósforo, cálcio, ácido fólico, vitaminas C, K e B6, também atua na proteção do organismo contra doenças cardíacas, osteoporose, Alzheimer e alivia a hipertensão;

7) Espinafre: coopera no combate à anemia, fadiga, hipertensão, pedras nos rins, escorbutos e artrite. Com 49% de proteínas, ajuda a fortalecer os ossos, dentes, diminui a queda de cabelo e favorece os sistemas digestivo e nervoso.

Agora, é só fazer a listinha do mercado, comprar esses alimentos e arrasar nas receitas para uma alimentação rica em nutrientes e saudável!