As ceramidas são lipídios que compõem a barreira da pele - camada responsável por proteger e manter essa região saudável e inalterada pelo meio externo. No entanto, muitos fatores mais agressivos, como o vento, frio, poluição e clima seco, entre outros, podem danificar essas ceramidas, expondo a pele a uma variedade de problemas e piorando os já existentes. Em conversa com a dermatologista Betina Stefanello, do Rio de Janeiro, o DermaClub esclareceu esse assunto. Confira!

Reposição de ceramidas ajuda no tratamento e prevenção de algumas doenças de pele

Para que a barreira da pele se mantenha saudável, é essencial mantê-la hidratada e nutrida. Quando ela está frágil, vermelha, com coceira ou prurido, é sinal de que é necessário repor as ceramidas - ou seja, gorduras - dessa barreira. De acordo com a Drª Betina, algumas doenças inflamatórias da pele podem ser atenuadas e até prevenidas com a reposição dessas moléculas. “As ceramidas influenciam no tratamento de algumas doenças de pele, porque elas restauram a barreira. Especialmente as doenças inflamatórias, como psoríase, dermatite atópica, dermatite de contato e outras mais comuns, como acne e rosácea, também podem ser bastante beneficiadas com a restauração da barreira cutânea”, explicou a dermatologista.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Além de ajudar a prevenir o seu aparecimento, a Drª garante que as ceramidas também ajudam a melhorar os sintomas de alguns problemas de pele, diminuindo coceira, rachaduras, ardência, entre outros.

Saiba o que fazer para manter a barreira da pele saudável

Manter uma barreira cutânea saudável passa por duas etapas: a primeira, é de proteção dos lipídeos e ceramidas presentes na pele, sempre evitando com que se percam; a segunda, caso tenham perdido esses lipídeos e ceramidas, nutrir a pele com esses lipídeos e ceramidas. Confira alguns cuidados para cada uma delas:

Proteção da barreira:

Reposição de ceramidas:

  • Hidratar a pele após o banho;
  • Usar um hidratante que prometa restaurar barreira e repor os lipídeos e ceramidas.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.