Os alimentos funcionais são aqueles que, além de contribuírem para as questões nutricionais básicas, conferem benefícios para a saúde. Assim, quando consumidos frequentemente, podem desempenhar um papel importante na redução do risco de aparecimento de diversas doenças, inclusive as crônicas degenerativas, como Alzheimer e câncer.

Entenda as principais características de uma alimentação funcional

A nutrição funcional tem como pilar básico manter o corpo e a mente sãos por meio de uma reeducação alimentar, considerando a individualidade bioquímica e os efeitos dos alimentos no organismo de cada um. Diante disso, esse modo de comer se baseia em uma dieta anti-inflamatória, já que quando o organismo está inflamado, o metabolismo não funciona direito, gerando desequilíbrios, como o aumento do colesterol e até de celulites.

Conheça as principais propriedades funcionais dos alimentos

Para que os benefícios sejam aproveitados, o consumo dessas substâncias deve ser regular. Assim, se destacam:

- Catequinas: presentes no chá verde, cereja e uva roxa, reduzem a incidência de alguns tipos de câncer, estimulam o sistema imunológico e diminuem o LDL, o colesterol ruim;
- Isoflavonas: encontradas na soja e em seus derivados, têm ação estrogênica e previnem o câncer de mama;
- Fibras solúveis e insolúveis: cereais integrais como aveia, farelo de trigo, centeio, cevada, feijão e ervilha são ricos desse composto. Por isso, melhoram o funcionamento do intestino, ajudam no controle glicêmico e reduzem riscos de câncer de cólon.
- Ácidos graxos e ômega 3: encontrados, principalmente, em peixes de água fria, essas substâncias têm ação anti-inflamatória e fortalecem os glóbulos brancos.

Exercícios físicos devem ser incluídos ao novo estilo de vida

Como, além do corpo, a alimentação funcional deseja equilibrar a mente, é recomendável que se pratique ao menos 30 minutos diários de qualquer atividade física. Além de contribuir para um cotidiano mais saudável, essa prática aumenta a sensação de energia e bem-estar.

Curtiu as dicas? Caso tenha alguma dúvida, faça uma visita ao nutricionista para que ele recomende o cardápio perfeito para você!