A caspa é o nome popular da descamação característica dos quadros de dermatite seborreica no couro cabeludo, que é um problema que toma conta da cabeça de muitas pessoas. De acordo com o Hospital Israelita A. Einstein, mais de 2 milhões de casos são diagnosticados por ano só no Brasil. Trata-se de uma inflamação que acontece no couro cabeludo, acompanhada por descamação branca ou amarelada e muita coceira local. Embora seja muito comum, ainda existem vários mitos ao redor do assunto. Será apenas uma questão de falta de higiene? Para responder essas e outras dúvidas, o DermaClub bateu um papo com a dermatologista Paola Costa, de São Paulo. Confira!

1) A caspa surge quando não lavamos o cabelo. Mito ou verdade?

Mito. De acordo com a médica, a dermatite seborreica surge por fatores particulares de cada paciente. Entretanto, o que se sabe é que a caspa costuma aparecer em áreas do corpo ricas em glândulas sebáceas, fazendo com que a oleosidade produzida na região, crie um ambiente propício para o desenvolvimento da doença. “Sendo assim, não lavar o couro cabeludo pode piorar o quadro, mas não é a causa do problema”, garantiu.

2) O estresse também pode causar a caspa. Mito ou verdade?

Verdade. O estresse proporciona um desequilíbrio hormonal em todo o organismo, e isso acaba agravando ou gerando o aumento de oleosidade da pele e, em sua extensão, o couro cabeludo. “Este cenário reflete no aumento da resposta inflamatória da dermatite durante o período de estresse”, esclareceu Dra. Paola.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

3) O uso de condicionadores e máscaras hidratantes próximo à raiz pode piorar caspa. Mito ou verdade?

Parcialmente verdade. Essa situação acontece apenas com pessoas que já possuem tendência à dermatite seborreica. “Desta forma, o uso de produtos, como condicionadores, máscaras hidratantes e cremes de pentear, podem aumentar bastante a oleosidade do couro cabeludo”, afirmou.

4) O uso de bonés e chapéus pode piorar a caspa. Mito ou verdade?

Verdade. “O uso de bonés ou chapéus deixa o couro cabeludo mais abafado, o que pode facilitar a proliferação de alguns fungos que estão envolvidos na formação da dermatite seborreica”, explicou a dermatologista.

5) Dormir ou amarrar o cabelo úmido pode agravar a caspa. Mito ou verdade?

Verdade. Segundo a Dra. Paola, assim como os chapéus, os cabelos úmidos e presos também facilitam a proliferação de fungos que colaboram na piora da dermatite seborreica. O mesmo vale para quem costuma dormir com os fios molhados após o banho.

6) A caspa só pode surgir no cabelo. Mito ou verdade?

Mito. A médica conta que é possível ter dermatite seborreica em todas as regiões onde temos grande distribuição e atividade das glândulas sebáceas - “Também conhecidas como áreas seborreicas, como o couro cabeludo, face, região do tórax, axilas e virilha”, disse.

7) Basta apenas lavar o cabelo para acabar com a caspa. Mito ou verdade?

Mito. Em primeiro lugar, é muito importante entender a natureza crônica e recorrente da dermatite seborreica, o que vai exigir da pessoa um acompanhamento com tratamento de manutenção. Ou seja, mais do que falar em acabar com a caspa, é necessário abordar o controle do problema. “Inicialmente deve-se apostar no uso de shampoos antioleosidade / anticaspa específicos e que controlem o quadro. Depois, dependendo da gravidade, é necessário o uso de medicamentos tópicos com ação anti-inflamatória. E em casos mais intensos, medicamentos sistêmicos”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.