Exposição solar, poluição, estresse, privação do sono e pouca hidratação são algumas das causas do envelhecimento da pele e, como consequência, das rugas, que podem começar a aparecer já a partir dos 25 anos. “Eu encaro este tipo de sinal não como problema, mas como algo que tem a ver com o estilo de vida do paciente”, comentou a dermatologista Juliana Neiva, da clínica dermatológica que leva seu nome, no Rio de Janeiro. Por isso, a palavra de ordem é prevenção! Confira mais dicas da médica abaixo e conquiste uma pele equilibrada, bonita, saudável e sem rugas!

Dermatologista explica: o que é a ruga?

De acordo com Dra. Juliana, a ruga é um sinal de envelhecimento que promove a redução da espessura da pele devido a dois mecanismos básicos: a perda de colágeno - responsável pela sustentação da pele - e o aumento das atividades dos músculos - causando as famosas linhas de expressão e pés de galinha, por exemplo. “Ela tem dois principais estágios, já que o processo acontece de forma progressiva. O primeiro deles é a ruga dinâmica, que só aparece com o movimento, enquanto a estática, que fica visível sem a necessidade de expressão facial”, explicou.

Descubra as principais causas das rugas e os produtos para combatê-las

Segundos estudos, 90% do envelhecimento externo é provocado pelos raios ultravioleta e esse efeito é acumulativo, nos acompanhando desde o começo da vida. Por isso, é preciso proteger em primeiro lugar. “O ato de usar o filtro solar é um hábito ideal, já que o sol pode acelerar o processo de formação de rugas”, alertou.

Além disso, ainda existem mais dois fatores que colaboram para o surgimento de sinais: os raios infravermelhos e a poluição. “Para ‘salvar’ a pele, além do filtro, é essencial o uso de antioxidantes e antiglicantes, que são os soldados de defesa da cútis. Eles ajudam na recuperação das agressões causadas pelos radicais livres - moléculas instáveis altamente reativas que danificam as células saudáveis e atrapalham o funcionamento normal da derme”, afirmou.

Ritual de cuidados ideal para prevenção das rugas

A dermatologista indica uma rotina de cuidados focada em prevenção: remoção correta da maquiagem, limpeza e hidratação, além da proteção conquistada por meio do uso do antioxidante, antiglicante e protetor solar. “Vale lembrar que os produtos devem ser adequados para o tipo de pele do paciente, assim, conquistamos o equilíbrio e saúde da região”, garantiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.