Alguns dos principais vilões do envelhecimento são os radicais livres, que são substâncias nocivas capazes de danificar a pele e suas estruturas, acelerando o envelhecimento cutâneo. Boa alimentação, consumo adequado de água diariamente, a aplicação do filtro solar e, principalmente, dos antioxidantes são hábitos importantes na hora de evitar e eliminá-los. Para saber mais sobre o assunto, o DermaClub conversou com a Dra. Juliana Jordão, dermatologista na cidade de Curitiba, capital do estado do Paraná, que explicou o que são, como agridem a pele e como é possível se proteger da ação desses elementos. Confira!

Saiba o que são radicais livres e por que eles são prejudiciais à pele

Segundo a médica, os radicais livres são substâncias produzidas pelas células durante a queima de oxigênio no processo de produção de energia. “Eles podem danificar as células sadias do nosso corpo, inclusive o DNA. Quando produzidos naturalmente ao longo da vida são, em sua grande maioria, neutralizados por enzimas protetoras. Porém, existem fontes externas a que nos expomos no dia a dia que podem contribuir para a formação em excesso dos radicais livres, promovendo danos irreparáveis”, explicou, listando os seis principais agentes externos que induzem a formação de radicais livres:

- Poluição ambiental;
- Radiação ultravioleta;
- Tabagismo;
- Consumo de álcool;
- Pesticidas;
- Estresse.

Esses agentes favorecem o envelhecimento precoce e, de acordo com a Dra. Juliana, a prevenção é sempre o melhor caminho. “Evite maus hábitos de vida e mantenha uma boa alimentação. Assim, é possível conter a produção de radicais livres em excesso e suas consequências em diferentes órgãos, inclusive na pele”, pontuou.

Descubra como acontece o desgaste cutâneo causado pelos radicais livres

A dermatologista explicou que os efeitos dos radicais livres no envelhecimento ocorrem através de um processo conhecido como estresse oxidativo. “O que acontece é a alteração nas funções biológicas de proteínas, como o colágeno: com o aumento da degradação das fibras de colágeno surge a flacidez na pele e o aparecimento das rugas. Existe ainda o acúmulo de elastina, característica do fotoenvelhecimento”, esclareceu.

Entenda qual é o papel do antioxidante na neutralização dos radicais livres

Para a Dra. Juliana, os antioxidantes são agentes muito importantes. “Eles são substâncias que se ligam aos radicais livres para neutralizá-los e podem ser adquiridos através de uma alimentação balanceada - rica em vitaminas -, ou por meio do consumo de complexos antioxidantes em cápsulas ou dermocosméticos”, disse, apresentando uma lista dos principais:

- Vitamina A: obtêm-se principalmente em alimentos como a cenoura e abóbora;
- Vitamina C: encontrada em grande quantidade nas frutas cítricas e vegetais verde escuros;
- Vitamina E: presente em grãos como arroz, milho, amêndoas, nozes, castanha e alguns vegetais;
- Catequina: pode ser ingerida através do morango, uva e chá verde;
- Flavonóide: encontrada especialmente nas uvas;
- Isoflavona: existente principalmente na soja;
- Licopeno: obtida através do tomate;
- Selênio: encontrado na castanha do pará, carnes vermelhas e brancas;
- Zinco: presente principalmente nas carnes vermelhas e brancas, leite, cereais integrais, feijões e nozes.

Aprenda como incluir antioxidantes em sua rotina de cuidados com a pele e a forma de usá-lo

A médica explicou que, para pacientes que não conseguem manter uma alimentação balanceada - rica em frutas, verduras e oleaginosas -, por onde é adquirido boa parte dos antioxidantes necessários, existem outras alternativas. “Sugerimos o uso regular de antioxidantes por via oral ou tópica. Dermocosméticos com alta concentração de vitamina C, E e resveratrol são ótimas opções na prevenção do envelhecimento cutâneo”, acrescentou. Formulações em sérum são melhores absorvidas pela pele e aumentam a penetração cutânea dos antioxidantes.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.