Você já usou óleo de coco? Esse ingrediente natural se tornou o queridinho na rotina de beleza de muitas mulheres. Além de funcionar como um excelente hidratante capilar, tem gente que já está incluindo esse produto até no ritual de skincare. Mas será que o óleo de coco, assim como nas madeixas, faz bem para a pele? O DermaClub esclareceu os benefícios, indicou a melhor maneira de usá-lo e revelou seus mitos e verdades. Confira!

Óleo de coco faz bem para a pele? Conheça os benefícios do ingrediente

O óleo de coco pode fazer muito bem a pele, mas deve ser usado com moderação e recomendação médica. Além de ter um excelente poder umectante, o ingrediente natural também ajuda a acalmar a pele de queimaduras solares, remover maquiagem e eliminar outras impurezas do rosto. No entanto, ele pode ser comedogênico (ou seja, pode causar comedões), por isso, é importante ter alguma atenção na hora de usá-lo. Ao aplicar na pele do rosto, que possui bastante concentração de glândulas sebáceas, é essencial remover o óleo depois de usar para tirar a maquiagem ou fazer uma máscara hidratante, por exemplo. No corpo, você pode até deixar o óleo na pele, mas se você sofre com acne corporal, evite regiões oleosas como peito e costas. Assim, você evita o entupimento dos poros e, consequentemente, o surgimento de cravos e espinhas.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios !

3 mitos e verdades sobre o óleo de coco

1) Aplicar óleo de coco no rosto antes de dormir só tem vantagens. Mito ou verdade?

Mito. Melhor você não fazer isso com a sua pele, principalmente se ela for muito oleosa. Embora o óleo de coco seja um ótimo hidratante, não podemos esquecer que ele é uma substância gordurosa - ou seja, se ficar por muito tempo agindo na região, é capaz de aumentar a oleosidade, fechar os poros e causar acne. Para evitar esses problemas, basta usar o óleo e lavar o rosto com gel de limpeza em seguida para não causar nenhum acúmulo do produto na pele.

2) Óleo de coco pode causar acne. Mito ou verdade?

Parcialmente verdade. Tudo em excesso pode fazer mal - isso também vale para o uso de óleo de coco na pele. Embora a substância seja antibacteriana e antifúngica, é importante frisar que seu uso exagerado pode aumentar a oleosidade e causar acne. Por isso, antes de incluir esse ingrediente na sua rotina de skincare, consulte um dermatologista!

3) Óleo de coco ajuda a clarear olheiras. Mito ou verdade?

Parcialmente verdade. Na real, como o óleo de coco é um bom ativo hidratante e calmante, ele pode ajudar a amenizar a aparência cansada e o inchaço das olheiras. Inclusive, ele pode ser usado em conjunto com seu jade roller pela manhã, mas lembre-se de lavar o rosto após o ritual para não deixar o produto acumulado na pele!

5 maneiras de usar óleo de coco na pele

1) Como hidratante facial e corporal;

2) Como esfoliante de pele e lábios - que pode ser usado em conjunto com açúcar;

3) Como demaquilante para remover maquiagem e outras impurezas;

4) Como máscara facial hidratante e calmante;

5) Como cuidado pós-praia para aliviar as queimaduras solares.

*Ficou com dúvidas? Procure o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e agende uma consulta!