As pálpebras são áreas vascularizadas e bem sensíveis. Elas também possuem uma flacidez natural que, com o passar do tempo, pode agravar com o envelhecimento da pele nessa região. Todos esses fatores, juntamente com maus hábitos diários, podem causar olheiras. A fim de prevenir esses sinais, que são motivo de incômodo para muitas pessoas, o DermaClub entrevistou a dermatologista Livia Luna, do Rio de Janeiro, que listou 4 fatores que ajudam a acentuar o escurecimento dos olhos. Confira quais são e evite-os!

1) Coçar os olhos constantemente

Este é um hábito que muita gente tem, principalmente ao acordar. Uma vez ou outra, não faz mal, mas tornar esse estímulo algo frequente acaba refletindo nas olheiras. “Mesmo sendo um gesto simples, pode irritar a pele e romper os vasos sanguíneos dessa região, deixando-a mais escura”, esclareceu. Para prevenir o problema, evite esfregar essa área o máximo que puder.

2) Noites mal dormidas

Após uma noite de sono ruim, já reparou que costumamos acordar com olheiras? “Não dormir bem pode piorar o escurecimento da área por conta de um mecanismo vascular. A região fica mais inchada e com o aumento da percepção da vascularização, acaba deixando a pele mais azulada”. Para não passar por esta situação, durma, pelo menos, oito horas por dia.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

3) O envelhecimento precoce

O processo de envelhecimento precoce pode causar outro problema além das rugas: as olheiras - que surgem devido à falta de firmeza na área ao redor dos olhos. “A pele flácida é mais fina e, normalmente, forma uma depressão deixada pela falta de gordura. Com isso, os vasos ficam bem visíveis, o que piora o aspecto da olheira”. Para evitar esse impacto, aposte no uso de dermocosméticos específicos para essa região, com ativos hidratantes e que estimulam a formação do colágeno, como o ácido hialurônico.

4) Exposição solar sem proteção

De acordo com a dermatologista, “a exposição solar leva à maior produção de melanina na pele, o que pode causar escurecimento das olheiras”, disse. Para proteger o seu rosto desse efeito, não deixe de aplicar e reaplicar o filtro solar ao longo do dia. Para potencializar a defesa do dermocosmético, opte também pelo uso de antioxidantes, como as vitaminas C e E.

Existem tratamentos que podem diminuir as olheiras

Se você pensa em minimizar as olheiras, existe uma série de tratamentos clínicos: “como o laser que atua na vascularização e pigmentação da área; o peeling que funciona como uma esfoliação e retira as camadas superficiais de pele escurecidas; e o preenchimento com ácido hialurônico para olheiras profundas”, sugeriu. Além disso, a manutenção pode ser feita em casa com o uso de dermocosméticos clareadores.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.