O fotoenvelhecimento é causado devido à exposição excessiva ao sol, que tem como resultado manchas, ressecamento, rugas e linhas de expressão. Junto com os impactos da radiação solar, a poluição também é um fator externo que pode intensificar esses danos na pele. Quer entender como acontecem esses impactos e como proteger sua pele? Confira!

Entenda como os agentes externos podem afetar a pele

De acordo com a dermatologista Juliana Jordão, de Curitiba, os agentes externos, como sol e poluição, estimulam na pele a produção de radicais livres - moléculas instáveis que provocam estresse oxidativo, agredindo as células saudáveis. Dessa forma, o envelhecimento precoce da pele é favorecido.

Saiba quais são os impactos da radiação solar e da poluição na pele

Segundo a médica, devido à ação da radiação solar e da poluição, os principais efeitos visíveis na pele (manchas, ressecamento, rugas e flacidez) são potencializados, principalmente, pelo aumento da degradação das fibras de colágeno. “Esses fatores, juntos, promovem mudanças nas funções biológicas de proteínas e acúmulo de elastina. Assim, a pele fica mais suscetível ao envelhecimento e ao aparecimento de manchas também”, explicou.

Descubra como proteger a pele do fotoenvelhecimento e da poluição

Para a Dra. Juliana, a maneira mais eficaz de proteger a pele contra os efeitos da radiação solar e da poluição, é combinando o uso do filtro solar com antioxidantes. Enquanto, os protetores impedem a penetração dos raios UVA e UVB, os antioxidantes são substâncias capazes de neutralizar os radicais livres. Além disso, é essencial investir em uma alimentação saudável, rica em frutas, verduras e legumes.

Outra forma de complementar a prevenção desses danos na pele é utilizar produtos que reduzam a adesão de partículas de poluição à pele, além de uma limpeza com produtos que removem eficazmente essas partículas sem agredir a pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.