A batalha contra o câncer envolve tratamentos que podem apresentar efeitos colaterais de diversas formas no organismo do paciente, como a radioterapia e a quimioterapia. E uma das partes do corpo que mais sofre durante essa trajetória é a pele. Manter uma rotina de skincare específica ajuda a prevenir e reduzir desconfortos durante o tratamento, além de ajudar a levantar a sua autoestima! Para te ajudar nesse momento, o DermaClub conversou com a dermatologista Tatiane Curi, que separou vários cuidados para você se sentir linda e cada vez mais forte na luta contra o câncer de mama.

Entenda como o tratamento de câncer pode afetar a pele

O tratamento do câncer, seja ele qual for, pode apresentar efeitos adversos na pele do paciente, que vão desde o aparecimento de feridas, erupções cutâneas, ressecamento, coceira, vermelhidão e espessamento da pele em algumas regiões. De acordo com a médica, esses efeitos acontecem devido à alteração na barreira de proteção da pele que é afetada depois de cada tratamento recebido. A Drª Tatiane explica melhor:

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

“A quimioterapia pode causar hipersensibilidade, e até fotossensibilidade exagerada ao sol. A radioterapia, apesar de atualmente ser aplicada em doses mais fracionadas, também pode gerar ressecamento e escurecimento da pele tratada, muitas vezes causando coceira e descamação”, contou.

A hidratação ajuda a prevenir as lesões e ressecamento da pele

O ideal é que todo paciente em tratamento de câncer faça uma avaliação com o dermatologista para receber orientações de uma rotina de cuidados adequada durante esse período. A profissional recomenda algumas medidas: “Tomar banhos rápidos e mornos, usar hidratantes potentes e com ativos prebióticos para ajudar na manutenção da barreira cutânea, géis de limpeza que não ressecam a pele e amenizam a agressão na região”.

Use protetor solar físico durante o tratamento de câncer!

O uso do protetor solar físico durante o tratamento é fundamental para evitar queimaduras, manchas e outros problemas na pele. Além disso, a utilização de chapéus, roupas com proteção ultravioleta, óculos escuros com filtros nas lentes e evitar exposição solar perto de janelas de vidro também são cuidados essenciais!

Outros cuidados para ter com a pele durante o tratamento de câncer

- Evitar o uso de perfumes ou loções que contenham álcool, fragrância muito forte ou ativos irritantes;

- Não se expor diretamente ao sol entre às 10h e 16h. Lembrar de proteger a região das orelhas e dos lábios, também são muito afetados nesse período.

A maquiagem também melhora sua autoestima e ajuda na recuperação do tratamento!

Descobrir um câncer não é nada fácil. Passar pelo tratamento é mais complicado ainda. Só quem vive toda essa situação na pele sabe como é. A paciente encara altos e baixos e acaba sofrendo bastante com a perda de autoestima. Mas algo que pode ajudar a passar por esse período de forma mais confiante é o uso da maquiagem.

Muito mais do que embelezar, a maquiagem tem o poder de melhorar a autoestima e confiança da mulher que está passando pelo tratamento do câncer. Esse cuidado consegue deixar as pacientes mais fortes, aumentar o engajamento ao tratamento, além de favorecer na recuperação! É cientificamente comprovado que a melhora da autoestima e do bem-estar aumentam as defesas naturais do organismo.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.