Manchas brancas na pele são os sintomas mais frequentes do pano branco, tipo comum de micose de pele que é formalmente chamada de pitiríase versicolor. Muita gente pensa que essa doença aparece apenas no verão, por conta do calor e da umidade, mas a verdade é que pode surgir em qualquer época do ano e em várias regiões do corpo, principalmente aquelas mais oleosas. Se você conhece pouco sobre esse problema, quer descobrir como tratar, os sintomas e outras informações, o DermaClub esclareceu as dúvidas com seu time de dermatologistas.

1. O que é pano branco?

O pano branco é o nome popular da pitiríase versicolor - uma micose, vinda de um fungo que temos naturalmente na pele, e que surge na sua camada mais superficial. “São manchas brancas, mas que também podem ser de coloração variável (desde castanhas até vermelhas). São lesões que podem surgir em qualquer região do corpo, porém, são mais frequentes nas áreas oleosas do corpo, como couro cabeludo, tórax anterior e dorso”, esclareceu a dermatologista Tatiane Curi, de São Paulo.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2. Como o pano branco surge na pele?

O pano branco é uma micose causada por fungos já existentes na pele. Porém, seus sinais podem se manifestar através de fatores internos ou externos, como o calor, a umidade e o excesso de sudorese. “Existem também fatores do hospedeiro que a favorecem, como a desnutrição, o uso de anticoncepcionais, corticóides e imunossupressores”, afirmou a Drª Livia Luna, do Rio de Janeiro.

3. Sintomas da micose de pele

- Manchas na pele da coloração branca indo até o vermelho e o castanho;
- Com formato arredondado ou oval;
- Recoberta por escamas finas;
- Bastante coceira.

4. Fatores que causam o pano branco

- Excesso de sudorese;
- Imunodepressão;
- Excesso de oleosidade;
- Má higiene da pele
- Predisposição para a doença de pele.

5. Como podemos prevenir a doença de pele?

O melhor jeito de prevenir esse tipo de micose de pele é manter uma higiene adequada e adotar uma boa rotina de cuidados:

- A higienização deve ser feita com sabonetes queratolíticos;
- No cabelo, devem ser usados shampoos antifúngicos durante o banho;
- Também se deve evitar o uso de cremes muito oleosos nas regiões oleosas e com maior predisposição às manchas;
- Apostar no uso de filtros solares que possuem toque seco e livres de óleos;
- Manter a pele bem arejada.
- Logo após a prática esportiva tome banho;
- Use roupas frescas no verão;
- Se você já teve quadros de pano branco durante o ano, existem alguns produtos que controlam a população de leveduras na pele.

Consulte o seu dermatologista para uma indicação específica para o caso.

6. Como podemos tratar o pano branco?

De acordo com a médica, o tratamento é feito com dermocosméticos antifúngicos de uso tópico e, dependendo da extensão, associados a medicações orais. “Sempre oriento meus pacientes a pegarem um pouco de sol, para, aos poucos, repigmentar as áreas acometidas pela micose”, concluiu. É importante lembrar que essa exposição deve ser feita antes das 10 e depois das 16 horas - horários de menor incidência de radiação UV - e com a aplicação essencial do filtro solar.

7. Dúvidas sobre o pano branco

7.1. Pano branco é a mesma coisa que vitiligo.

Mito. O pano branco e o vitiligo são doenças de pele completamente diferentes. O vitiligo dão manchas normalmente bem mais brancas do que as de pano branco com superfície lisa e, às vezes, brilhosa. Geralmente são simétricas, afetando dois lados do corpo - como os dois braços, duas pernas, duas bochechas - e não possui o risco de contágio.

Sem falar que o pano branco é uma micose de pele e o vitiligo uma doença autoimune.

7.2. Pano branco branco tem cura.

Mito. De acordo com a dermatologista Livia Luna, não há cura já que o fungo existe de forma natural em nossa pele. Mas existe tratamento, que pode ser feito com o uso de dermocosméticos antifúngicos e, dependendo da extensão, associados a medicações orais.

7.3. Pano branco não é contagioso.

Verdade. De acordo com a Drª Flávia Addor, de São Paulo, o pano branco não é uma doença de pele contagiosa. “Na verdade, a micose, é causada por um fungo já existente em nossa pele, mas que pode se proliferar excessivamente em pessoas predispostas, sob condições favoráveis, como calor e suor, por exemplo”, esclareceu.

7.4. O pano branco aparece na praia

Verdade. A praia é um habitat que reúne as condições mais favoráveis à multiplicação do fungo, que gosta de calor e umidade. Por isso, o pano branco também é conhecido como micose de praia.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.