O colágeno é uma substância produzida naturalmente pelo corpo, que é essencial para manter a firmeza e a elasticidade da pele. Porém, a partir dos 25 anos a sua produção diminui, e para manter a qualidade da pele, é preciso repor essa proteína através da alimentação ou estímulo da produção natural. O DermaClub conversou com a dermatologista Ritha Capelato, do Paraná, que explicou como a proteína pode beneficiar sua pele. Olha só!

Entenda o que é o colágeno e qual é a sua função no nosso corpo

De acordo com a dermatologista, o colágeno é uma proteína fundamental para a estrutura, firmeza e elasticidade da pele. Sendo assim, é um aliado que representa 70% de toda proteína da pele e 30% do nosso corpo. No entanto, a partir dos 25 anos, sua produção vai diminuindo, com a influência de alguns fatores, como o consumo exagerado de açúcar, tabagismo, excesso de sol e até mesmo estresse.

“O colágeno é importante para manter as células firmes, tanto para a pele, cabelos e unhas, quanto para músculos, ligamentos, tendões e articulações. Ele é produzido naturalmente pelo corpo, além de também ser encontrado em alimentos como carne e gelatina, dermocosméticos tópicos ou suplementos alimentares”, explicou.

Veja quais são os sinais de que seu corpo precisa de reposição de colágeno

A Dra. Ritha afirma que a idade é um fator importante para o início do uso oral ou tópico de colágeno, já que a sua produção no organismo diminui com o tempo. No entanto, outros fatores indicam a necessidade da reposição da proteína. “Entre os principais sinais, estão a diminuição na espessura dos fios de cabelo, aumento da flacidez, perda de elasticidade da pele, surgimento de rugas e linhas de expressão, aparecimento de estrias, pele fina e desidratada e enfraquecimento das unhas”, disse.

Descubra como é possível repor o colágeno do seu corpo

A partir dos 30 anos, é comum começarmos a perceber flacidez e rugas na pele, muito devido à perda de colágeno. Mas, a boa notícia é que conseguimos também repor a proteína de forma injetável - procedimento que deve ser feito por um dermatologista”, contou. A alimentação nutritiva e o uso de dermocosméticos também são essenciais para estimular a produção de colágeno e para melhorar sua absorção. “Invista em alimentos ricos em vitamina C, como laranja, limão, kiwi e mamão”, completou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.