Para manter a pele bonita e saudável é preciso manter a dieta variada e beber água corretamente. Além de melhorar o aspecto visual, proporcionando jovialidade e saúde, alguns produtos têm seu efeito potencializado junto com uma boa alimentação. Pensando nisso, o DermaClub separou para você uma lista com 6 alimentos importantes para retardar o envelhecimento da pele. Confira!

Descubra os alimentos que diminuem a formação de rugas finas

A alimentação tem influência direta com o nosso organismo. Apostando na variedade e equilíbrio é possível adquirir antioxidantes e proteínas importantes para retardar o envelhecimento e prevenir a pele das indesejadas rugas. Confira a lista:

1) Soja: funciona como estrogênio natural durante a menopausa, diminui os risco de câncer e também ajuda a melhorar o aspecto da pele. A quantidade de proteínas presente favorece a firmeza e elasticidade. Além disso, as isoflavonas faz com que as rugas apareçam mais tarde.

2) Vitamina C: além dos benefícios mais conhecidos contra gripes e resfriados, a vitamina C é o antioxidante mais abundante no organismo. Ele combate os radicais livres e participa da síntese de colágeno, contribuindo para uma pele mais firme, bonita e jovem.

3) Minerais: encontrados em diversos tipos de alimento, o ferro, o cobre, o manganês e o selênio possuem, entre outras, funções antioxidantes, que combate os radicais livres e a formação de placas de gordura na artéria. Ainda melhoram o funcionamento do sistema imunológico e do cérebro.

4) Betacaroteno: a substância também age como um antioxidante, protegendo a pele da ação dos radicais livres. Também contribui para o bronzeado, já que atua na formação de melanina - ligada a pigmentação e proteção da pele;

5) Cacau: o antioxidante presente na fruta que compõe o chocolate age desenvolvendo a irrigação sanguínea, retardando o surgimento de rugas. Mas é importante ficar atenta: especialistas alertam que o excesso de determinados alimentos - gordurosos, doces ou derivados do leite - podem estimular a produção de secreção pelas glândulas sebáceas;

6) Peixes: os ácidos graxos ômega 3 e 6 não são produzidos pelo organismo e precisam ser adquiridos através da alimentação. Estas substâncias são muito importantes para a pele, cabelos e unhas pois impulsionam a hidratação.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.