Engana-se quem acredita que a pele jovem não precisa de cuidados especiais. O corpo tem necessidades e precisa de atenção mesmo no início da vida adulta, a partir dos 20 anos. O DermaClub conversou com a dermatologista Mylenne Torres, de Natal, capital do Rio Grande do Norte, que revelou quais são os rituais fundamentais nesta fase. Confira!

Entenda por que é importante começar os cuidados antienvelhecimento desde cedo

Segundo a médica, a proteção solar é indispensável para retardar o envelhecimento cutâneo. “Algumas pessoas, a depender da genética e de sua exposição solar ao longo da vida, já vão apresentar sinais de envelhecimento antes dos 30 anos. A partir dos 25, a produção de colágeno diminui e é nessa fase que as alterações do DNA causadas pelo sol começam a aparecer, sendo o momento ideal para se iniciar os cuidados antienvelhecimento”, pontuou.

Dermatologista explica quais são os principais cuidados que se deve ter antes dos 30

Dra. Mylenne Torres explicou que a principal função dos tratamentos e cuidados para a pele jovem é a prevenção de sinais e danos futuros. Confira uma lista com os principais cuidados que se deve ter nessa fase:

- Lave o rosto com um sabonete específico, no máximo três vezes ao dia - para evitar o excesso de produção sebácea. Logo depois, pode ser usado um tônico para minimizar os poros obstruídos. Além disso, não esqueça de remover a maquiagem;

- O protetor solar é item obrigatório e deve ser usado diariamente. Aplique em toda a área exposta ao sol! Muitos só se lembram do rosto, mas o colo, os braços e as mãos também precisam de proteção;

- À noite, invista em um hidratante livre de óleo e com ativos antioxidantes. Ele vai ajudar a combater os radicais livres, que acelera o envelhecimento;

- A região dos olhos é a primeira a mostrar os efeitos do tempo na pele. Por isso, reserve uma atenção especial para ela! Os cremes devem ser usados diariamente, pela manhã e à noite;

- Ácidos - retinoico e glicólico - e esfoliação são bem-vindos nessa fase. Estes devem ser orientados de acordo com o tipo de pele.

Saiba quais são os tratamentos estéticos indicados para a pele jovem

De acordo com a médica, nesse período pode ser iniciado o uso da toxina botulínica, popularmente conhecido como botox. “O intuito é de prevenção: os músculos são paralizados, impedindo a formação de rugas. Muitas pessoas têm medo de ficar com ar artificial, porém, hoje em dia, a aplicação é feita a fim de deixar a face muito natural”, afirmou.

A limpeza de pele também é uma boa alternativa e pode ser feita uma vez por mês para remover impurezas e cravos. Além do peeling superficial, que pode ser feito a cada três meses. Dra. Mylenne ainda dá uma dica valiosa: “Visite o seu dermatologista ao menos uma vez por ano!”

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.