Na menopausa, o corpo da mulher passa por transformações inevitáveis. Além das mudanças que acontecem internamente, a pele também sofre alterações. Além da perda de tônus, que reflete no surgimento de rugas, flacidez e linhas de expressão no rosto e pescoço, a região também pode ficar mais oleosa ou seca, por conta da falta de hidratação. Para saber como cuidar da pele que está passando por esse período, que produtos usar e como combinar a alimentação, o DermaClub conversou com o seu time de dermatologistas que ajudaram a esclarecer o assunto.

1. O que é a menopausa?

De acordo com a Drª Lilia Guadanhim, de São Paulo, a menopausa é a fase em que a mulher para de menstruar mensalmente. O fim desse ciclo representa o chamado climatério, que são sintomas relacionados às alterações hormonais.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2. Por que a pele envelhece mais durante a menopausa?

O envelhecimento da pele se torna visível com a chegada da menopausa devido aos níveis baixos de DHEA - conhecido como o hormônio da juventude. Neste período, a produção de colágeno diminui e acontece uma redução progressiva de ácido hialurônico e outros componentes que ajudam a preencher a pele, aumentando a flacidez e as rugas.

3. Como a pele fica durante a menopausa?

Ao longo desse período, a pele pode ficar:

- Ressecada
- Sem elasticidade
- Mais fina
- Com manchas
- Rugas
- Sensível
- Muito seca ou oleosa

“Nos antebraços, pode ocorrer dermatoporose, que é um afinamento da pele dos braços, associado a manchas roxas e até rasgaduras”, explicou Drª Lilia Guadanhim.

3.1. A pele pode ficar seca ou oleosa demais

Segundo a Drª Luciana Kalache, de Curitiba, apesar de ser comum a pele ficar mais seca na menopausa, existe sim a possibilidade de a mulher apresentar uma região mais oleosa. “Com a queda do estrogênio, acontece uma acentuação de outro hormônio que não cai na mesma velocidade: a testosterona, que pode levar ao aumento de pelo, da oleosidade e da acne”, acrescentou a médica.

4. Como cuidar da pele na menopausa?

Para diminuir os efeitos causados pela menopausa, a Drª Nicole Perim, do Rio de Janeiro indica o uso de ativos hidratantes. “Eles melhoram a textura, luminosidade e reforçam a barreira de proteção contra irritações e infecções”, garantiu.

5. Produtos e ativos para cuidar da pele na menopausa

- Vitamina C;
- Resveratrol;
- Retinol;
- Pro-Xylane;
- Ácidos como o LHA, derivado do ácido salicílico;
- AHA, complexo de ácido glicólico e cítrico;
- Ácido anísico.

6. Procedimentos estéticos para amenizar os incômodos da pele na menopausa

- Toxina botulínica: para reduzir as rugas dinâmicas;

- Preenchimento com ácido hialurônico: devolve a sustentação ao rosto e minimiza sulcos, olheiras e perda de contorno;

- Estimuladores de colágeno: melhora a flacidez da pele;

- Laser e luz pulsada: melhoram a textura, aparência de vasos, manchas e estimulam o colágeno ;

Radiofrequência e ultrassom microfocado: podem atuar na flacidez.

7. A alimentação também precisa mudar

Aposte em ingredientes ricos em cálcio, soja, antioxidantes e aumente o consumo de água para melhorar a textura e aparência da pele. Esse também é o momento de acabar com certos maus hábitos, como consumo em excesso de bebidas alcoólicas, refrigerantes, sal, açúcares e gordura, que causam vários malefícios para o corpo - desde inchaço, aumento do colesterol LDL (o ruim) e de triglicerídeos no organismo.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.