Dois tipos de pele diferentes, mas com algumas características bem parecidas. A pele oleosa e a pele mista têm as suas particularidades específicas, mas muitas pessoas confundem uma com a outra por conta do excesso de oleosidade presente na zona “T”. A diferença é que a mista apresenta as outras regiões da face mais secas ou normais, ao contrário da oleosa, que está sempre produzindo bastante sebo por todos os cantos. Mas o que muda na rotina de skincare de cada uma? O DermaClub conversou com a dermatologista Carolina Marçon que esclareceu as diferenças desse ritual para cada uma delas.

Qual é a diferença entre a pele mista e a pele oleosa?

De acordo com a médica, a pele oleosa é a que tem o aumento constante da oleosidade, poros dilatados, uma enorme tendência à acne e com as glândulas sebáceas mais ativas em toda sua extensão. “Com todas essas características, podemos dizer que ela é uniformemente oleosa”.

Já a pele mista costuma ter a oleosidade mais concentrada na zona “T” do rosto (testa, nariz e queixo) e nas outras áreas uma textura seca e sensível. “Outra particularidade desse tipo de pele é que ela costuma reagir bastante com a mudança de temperatura, se tornando ainda mais oleosa no calor e seca durante o inverno”, esclareceu.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

As rotinas da pele oleosa e da pele mista devem ser diferentes?

Sim, a rotina de skincare deve ser completamente diferente entre uma pele e outra. De acordo com a Drª Carolina, a pele oleosa precisa de um sabonete mais adstringente, tratamento com ácido e o paciente também está livre para usar tônicos para controlar mais ainda a produção de sebo e melhorar a aparência dos poros. Já a pele mista é um pouco mais sensível e reativa: “Apesar de ter alguns pontos de oleosidade, as outras áreas são mais secas. Então, o sabonete precisa ser mais suave, o tratamento é indicado um tipo de produto para a zona “T” e outro para aplicar nas bochechas para garantir o equilíbrio da região”, diferenciou.

Passo a passo: rotina de skincare para a pele oleosa

1º passo) Lave o rosto com um sabonete ou gel de limpeza próprio para a pele oleosa;

2º passo) Um hidratante sérum com ativos que ajudem a controlar a oleosidade e, ao mesmo tempo, hidratar a pele;

3º passo) Use um protetor solar facial com amplo espectro de proteção, textura oil free e toque seco;

Passo a passo: rotina de skincare para a pele mista

1º passo) Lave o rosto com um sabonete que remova o excesso de oleosidade sem deixar a pele ressecada e sensível;

2º passo) Aplique um hidratante suave, de preferência com textura gel ou sérum e ingredientes naturais e hidratantes, que ajudem a manter a pele hidratada sem pesar;

3º passo) Aplique um filtro solar com toque seco para controlar a produção de oleosidade ao longo do dia e proteger a região da radiação solar e luz visível.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.