Quem tem a pele oleosa, costuma ter muitas reclamações durante o verão. Essa condição promove o acúmulo de oleosidade, formação de cravos e espinhas, além das manchas das manchas para a pele acneica. Para prevenir esses problemas ao longo da estação mais quente do ano, o DermaClub conversou com a dermatologista Flávia Addor, de São Paulo, que listou seis dicas para manter a região sequinha e saudável. Confira!

1) Aposte na limpeza de pele no verão

De acordo com a médica, “no verão, o aumento da umidade, sudorese e secreção sebácea deixa a pele com uma aparência mais gordurosa. Sem falar que a exposição solar, aliada ao uso de protetores mais pesados, pode elevar a chance de aparecimento ou piora da acne em pele oleosa”. Com essas características, a limpeza de pele se torna um tratamento fundamental para que a pele oleosa fique mais saudável durante a temporada.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2) Não deixe de lavar o rosto para controlar a oleosidade, acne e cravos

A Drª Flávia recomenda: “Certamente, a higienização mais importante deve ser feita ao fim do dia, antes do banho, após a exposição solar, e pela manhã, quando a oleosidade e sudorese se acumularam ao longo da noite”, garantiu. Utilize um gel de limpeza, demaquilante ou solução micelar específicos para a pele oleosa.

3) Borrife um spray de zinco ao longo do dia

Outro produto muito importante que deve usado no verão é o spray de zinco. Ele possui ação matificante, e pode ser usado ao longo do dia, em qualquer área ou situação. Uma dica é colocar o dermocosmético na geladeira minutos antes de utilizá-lo para garantir um resultado ainda mais refrescante.

4) Intensifique a hidratação

Principalmente no verão, a hidratação deve ser feita na pele oleosa a fim de repor os nutrientes perdidos no suor. “O ritual deve ser feito com produtos hidratantes de textura leve e alta espalhabilidade. É bom reforçar o uso nas áreas mais sensíveis e com queimaduras”, explicou.

5) Nada de tomar banho quente

O banho deve ser como sempre é o ideal: “morno para frio, com um sabonete adequado para o tipo de pele do rosto e corpo”, indicou. Dispense a água quente neste momento, ela pode deixar a região mais desidratada.

6) Use filtro solar com toque seco

Também não podemos esquecer de utilizar o filtro solar, que deve ser específico para pele oleosa - conceituados como oil-free ou toque seco. “Precisam conter ativos que ajudam a reduzir o sebo e o brilho do rosto, ter efeito matte e não podem ser comedogênicos”, finalizou.

Conheça melhor os benefícios do zinco para a pele: 

Dermatologista:

Dra. Flávia Addor // CRM: 66293

Dra. Flávia Addor é dermatologista formada pela Santa Casa de São Paulo, com mestrado no Departamento de Dermatologia da Universidade de São Paulo e extensão universitária na Vrije university (Bruxelas). É membro da Academia Americana de Dermatologia e sócia titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Além disso, a médica fez parte do corpo docente da Universidade de Santo Amaro em São Paulo.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.