Quem tem a pele oleosa sabe que esse tipo possui uma série de características bem particulares. Uma delas é a alta produção de sebo vindo das glândulas sebáceas, que deixa áreas específicas, como o rosto, bem oleosas. Esse problema acaba sendo bem comum no primeiro momento do dia, quando acordamos. Afinal, o que será que acontece com a nossa pele durante a noite para despertar deste jeito? Para esclarecer essa questão, o DermaClub conversou com a dermatologista Carolina Zaparoli, de São Paulo. Confira!

Afinal de contas, porque a pele acorda com excesso de oleosidade?

De acordo com a médica, embora pareça estranho, essa é uma reação natural da pele. “O que acontece é que durante a madrugada, a temperatura corporal diminui e, devido a essa queda, o nosso corpo acaba produzindo mais oleosidade como uma forma de defesa para não deixar a região ressecar”, explicou. Ou seja, quanto mais frio, mais a pele produz óleo na intenção de proteger a região.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Antes de dormir, faça a higiene do rosto para minimizar a oleosidade da pele

Para não acordar com a pele tão oleosa pela manhã, a dermatologista indica: “é crucial que o rosto seja higienizado antes de dormir, e caso use maquiagem, não esqueça de retirá-la completamente toda noite”. A fim de garantir um bom controle do sebo, procure utilizar produtos sem álcool para retirar a maquiagem. Existem diversos dermocosméticos no mercado com a fórmula isenta dessa substância, como a água micelar, por exemplo.

Além disso, a Dra. Carolina indica o uso de produtos que normalizem a secreção sebácea sem agredir o rosto. “Devemos considerar este tipo de pele frágil e utilizar dermocosméticos adequados que não retirem em excesso a gordura da superfície nem causem irritação”, atentou. Caso isso aconteça, pode provocar um efeito rebote da oleosidade e estimular uma maior produção de sebo para a proteção da pele.

Conheça outros cuidados que devemos ter com a pele oleosa para evitar o acúmulo de óleo

Neste caso, a primeira dica da dermatologista é: tonificar a pele. Então, após a limpeza, aposte em um tônico adstringente. Além de finalizar o ritual, ele contrai os poros, elimina o restante das impurezas, controla a oleosidade e reequilibra o pH da pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.