O excesso de oleosidade é um incômodo para muitas pessoas e os quadros de acne podem acabar estimulando o aparecimento de manchas na pele. É importante tratar o problema de maneira adequada, entendendo as causas. Por isso, o DermaClub conversou com a dermatologista Lilia Guadanhim, de São Paulo, para saber por que as manchas surgem, como tratar e preveni-las.

Mito ou verdade: a pele oleosa tem tendência à manchas?

A pele oleosa apresenta, frequentemente, lesões de acne, o que resulta no aumento significativo do risco de manchas. “A inflamação combinada ao péssimo hábito de espremer cravos e espinhas pode causar manchas na pele, principalmente quando associados à exposição solar”, explicou.

Descubra como evitar as manchas na pele oleosa

Para a Dra. Lilia, em primeiro lugar, é necessário eliminar a causa das manchas. “No caso de hipercromia pós-inflamatória por lesões de acne, por exemplo, é fundamental controlar adequadamente, com medicamentos tópicos ou sistêmicos”, esclareceu, ressaltando que não se deve espremer as inflamações. “Respire fundo, segure os dedos e a vontade de cutucar sua pele e corra para o seu dermatologista!”, disse.

Outra alternativa que deve ser considerada mesmo sem o risco de manchas é o uso diário de um filtro solar com proteção contra raios ultravioleta e FPS maior ou igual a 30. Além disso, produtos a base de ácido salicílico, LHA e PhE-Resorcinol são uma excelente opção para esses casos, já que auxiliam no tratamento da acne e das manchas. “A prevenção se estende ao envelhecimento precoce e o câncer. Os protetores que contêm cor são ainda mais eficazes na proteção contra a luz visível, que está muito associada às marcas e por isso são os mais recomendados nesses casos”, contou.

Dra. Lilia Guadanhim explica como pode ser feito o tratamento das manchas

Depois que a causa do problema foi diagnosticada e está sendo tratada, o próximo passo é decidir junto com o seu dermatologista a melhor alternativa. “Peelings químicos, como o de Jessner e de ácido salicílico, além de procedimentos com laser e luz intensa pulsada podem ser aliados no tratamento”, esclareceu.

Saiba que tipo de produtos são indicados para minimizar as manchas

- Ácido retinoico e seus derivados: assim como a tretinoína e retinol, são excelentes, pois melhoram a textura da pele;

- Clareadores: como a hidroquinona e o ácido azeláico, inibem a tirosinase, enzima que participa da síntese da melanina, e são muito eficazes;

- Antioxidantes: vitamina C, E e ácido ferúlico maximizam a proteção solar, inibindo a formação de radicais livres, e têm ação clareadora;

- Hidroxiácidos: ácido glicólico, ácido mandélico, ácido cítrico e LHA melhoram a oleosidade e a renovação celular, reduzindo as manchas.

- Cosmecêuticos contendo ativos clareadores auxiliares, como o ácido dióico e o PhE resorcinol ajudam a prevenir e tratar as manchas de acne.

É importante lembrar que os ativos mais adequados para cada caso devem ser indicados por um dermatologista depois de avaliar as condições da pele!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.