Na rotina de cuidados com a pele do rosto, existe um passo que não pode ficar de fora: a esfoliação. Indispensável, esse hábito ajuda eliminar as células mortas da superfície da pele, uniformizando a sua textura e recuperando a luminosidade. No entanto, uma dúvida persiste: o ritual pode ou deve ser repetido todos os dias? Para esclarecer a questão, o DermaClub entrevistou a dermatologista Sineida Berbert, do Paraná. Confira!

Quais os benefícios da esfoliação para a pele?

Seja ela física - com acessórios como escovas ou buchas, ou dermocosméticos com micropartículas esfoliantes - ou química - com ácidos descamativos, a esfoliação traz inúmeros benefícios para a pele. Segundo a dermatologista, esse hábito promove a eliminação das células mortas e da camada córnea da pele, proporcionando uma pele mais macia, lisa e uniforme, pronta para a hidratação. “Além disso, a esfoliação ajuda a renovação celular da pele, melhorando a aparência da pele e favorecendo os tratamentos de manchas, acne e pele oleosa, uma vez que promove a absorção dos produtos”, explicou a médica.

Mas, afinal, podemos esfoliar o rosto todos os dias? Qual a frequência adequada?

De acordo com a Drª Sineida, não se deve, de jeito nenhum, repetir esse hábito todos os dias. Isso porque, dependendo do produto, os agentes esfoliantes podem criar pequenos cortes na pele, que podem abrir espaço para a criação de infecções. Além disso, o ritual também pode acabar comprometendo a camada hidrolipídica da pele, deixando a epiderme exposta às agressões externas, ficando mais sensível e até ressecada. “O ideal é realizar a esfoliação uma vez por semana. Em peles muito oleosas ou muito espessas, podemos repetir duas vezes na semana. Quanto às secas, devem, obrigatoriamente, aplicar um hidratante potente logo em seguida”, entregou a médica.

Confira o passo a passo de uma esfoliação adequada na rotina de cuidados com a pele

Em casa, o ideal é usar um produto dermocosmético com partículas microesfoliantes, pela praticidade e segurança do mesmo. As escovas faciais elétricas ou manuais, também podem ser boas alternativas, no entanto, é importante usá-las apenas algumas vezes na semana e com muito pouca pressão.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Para saber como usar o seu dermocosmético esfoliante, a Drª Sineida deu algumas dicas. Confira:

1. Aplique o produto na pele úmida com movimentos suaves e circulares, exercendo uma leve pressão, com cuidado para não machucar a pele;

2. Em seguida, remova com água e o seu produto de limpeza facial;

3. Após a esfoliação é fundamental a hidratação de pele, mesmo nas peles oleosa. Nestas deve se dar preferência a produtos em gel ou sérum;

4. Se o ritual for feito de dia, aplicar o protetor solar.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.