O protetor solar é um dermocosmético de uso obrigatório, principalmente no verão, para prevenir queimaduras solares, manchas na pele de melasma e o melanoma (tipo mais agressivo de câncer de pele). Embora muita gente saiba da importância deste produto, ainda existem algumas dúvidas sobre o seu uso, como, por exemplo: dá para misturar um filtro com outro? Usar um protetor vencido faz mal? E passar o protetor de corpo no rosto? Para esclarecer essas questões, o DermaClub entrevistou a dermatologista Betina Stefanello, do Rio de Janeiro.

1) Eu posso misturar um protetor solar com outro produto?

A médica explica que a princípio não faria mal algum. “Geralmente os protetores não possuem ativos que são incompatíveis com outros produtos. Inclusive, em alguns casos, recomendamos que pacientes com melasma usem protetor solar e por cima base com protetor solar ou até pó com filtro”.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2) Eu posso misturar meu protetor solar com bronzeador?

Pode sim! “Alguns bronzeadores são apenas complexos de ativos que estimulam a melanina, muitos deles nem possuem fator de proteção, então, obrigatoriamente, você deve aplicar um protetor solar por cima”, garantiu. Outros até possuem fator de proteção, mas, na maioria das vezes, são muito fracos. Nesses casos, é importante aplicar protetor de FPS alto por cima.

3) Tem problema usar um protetor solar vencido?

Sim. Não se devem usar produtos vencidos de modo algum. “O protetor fora da validade pode ter sua fórmula degradada, e se transformar, digamos assim, em outro produto, podendo assim, reagir com a pele. Outra opção é que o produto vencido tenha perdido sua eficácia”, alertou.

4) Eu posso passar protetor solar de corpo no rosto?

Depende. “A pele do rosto é diferente da do corpo, já que apresenta mais oleosidade, e usando um protetor com textura oleosa no rosto você corre o risco de desenvolver acne”, atentou. Sendo assim, o mais adequado seria usar um protetor específico para cada região.

5) Na praia, eu posso aplicar o filtro solar apenas uma vez?

Tudo vai depender do tempo que você fica na praia. A Drª Betina explica que o ideal é reaplicar o protetor a cada duas horas se não entrar no mar. “Quanto mais tempo ficar, mais terá que reaplicar o protetor. Se você ficar um período curto, não há problema em passar apenas uma vez”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.