Já vimos aqui, no DermaClub, todos os benefícios que a vitamina C pode oferecer à pele - como clarear manchas, deixar o rosto mais luminoso, além de ser um ótimo antioxidante. De fato, esse ativo faz muito sucesso na rotina de beleza! Mas, para potencializar seu desempenho, muita gente pergunta se essa substância pode ser misturada com outro ingrediente, como, por exemplo, o ácido salicílico. Para entender melhor essa questão, conversamos com a dermatologista Tatiana Matos, de Salvador, que explicou se é possível fazer o uso simultâneo desses dois ativos.

Qual é a função da vitamina C na pele?

A médica ressalta o poder antioxidante que a vitamina C tem. “Ela diminui a formação de radicais livres na pele - moléculas que envelhecem, destroem as células boas e causam o envelhecimento precoce da região”. Com esse maravilhoso ativo na nossa rotina de cuidados, conseguimos prevenir o surgimento de rugas, flacidez, manchas e outros sinais causados por esse processo.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

E qual é a função do Ácido Salicílico?

“O ácido salicílico é uma substância usada principalmente para corrigir distúrbios de excesso da oleosidade na pele, acne e imperfeições, como cicatrizes”, explicou a dermatologista. Tudo isso acontece graças a sua ação renovadora, que remove as células mortas e estimula a produção de novas.

Posso misturar vitamina C com ácido salicílico?

A Drª Tatiana garante que sim, os dois ativos podem ser usados de forma simultânea tranquilamente, e ainda ressalta: “Essa combinação é muito interessante já que a vitamina C normalmente deixa a pele um pouco mais oleosa e o ácido salicílico usado conjuntamente vai melhorar esse efeito indesejado”.

Os dois podem ser usados durante o dia ou só à noite?

A médica diz que ambos podem ser usados tanto de dia, quanto de noite. Porém, a vitamina C tem muitos benefícios quando é aplicada principalmente de manhã, antes do filtro solar - “Ela garante uma proteção extra contra os raios solares”. Vale a pena apostar nesse cuidado na sua rotina diurna.

Quem tem a pele sensível pode fazer uso dessa mistura?

Pode sim, mas com muito cuidado! Nesse caso, o ácido salicílico pode arder e deixar a pele bem avermelhada. “Caso isso aconteça, sempre oriento o uso da água termal antes da aplicação destes produtos, não exagerar na quantidade, passar de forma suave no rosto, usar uma loção de limpeza no lugar do sabonete em gel e preferir o uso de filtros solares físicos ao invés de químicos”, indicou a dermato. O ideal é procurar por produtos que possuem essa composição (vitamina C + ácido salicílico), mas que sejam específicos para as peles sensíveis.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.