Irritação, coceira, manchas vermelhas e uma sensação de repuxamento no rosto insuportável: esses são alguns sinais de que indicam que a sua pele anda bastante sensível! Essa condição, que afeta todo tipo de pele, principalmente durante inverno, pode ser tratada e evitada com alguns cuidados na sua rotina de beleza, como uma boa hidratação e a inclusão de um cuidado prebiótico. Você tem ideia do que são prebióticos? São o mesmo que probióticos (aquelas bactérias famosas presentes nos iogurtes)? Como eles agem na pele sensível? Para esclarecer essa e outras dúvidas sobre o tema, o DermaClub falou com a dermatologista Betina Stefanello, do Rio de Janeiro. Veja só!

Prebióticos e probióticos: são a mesma coisa? Entenda!

Segundo a médica, os probióticos são microrganismos vivos que, quando são ingeridos ou usados de forma adequada, proporcionam vários benefícios à nossa saúde de uma maneira geral. “A maior influência benéfica dos probióticos é com relação à microbiota intestinal e no aumento da resistência contra outros microrganismos que causam qualquer tipo de doença”, contou. Concluindo, eles ajudam no aumento da imunidade do paciente.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Já os prebióticos são componentes alimentares não digeríveis que afetam o paciente, por estimularem de forma seletiva a proliferação de bactérias saudáveis. Além disso, o prebiótico pode inibir a multiplicação de patógenos - organismos causadores de doenças - , garantindo benefícios extras à sua saúde.

De uma forma bem simples e básica: os probióticos são as bactérias boas e os prebióticos são os alimentos para as bactérias!

Entenda a função dos prebióticos e probióticos na pele

Essas bactérias também proporcionam uma série de benefícios à pele, como: “Manter a flora bacteriana saudável, evitando que microrganismos causadores de infecção ou patogênicos (fungos ou micobactérias) se multipliquem na região”, explicou a dermatologista.

Porque os prebióticos são indicados para a pele sensível?

Já que essas bactérias do bem ajudam manter a pele saudável e protegida de doenças, os prebióticos são cuidados importantes para a pele, principalmente para aquela que está sensível. “Isso porque essa condição pode deixar a pele muito lesionada devido ao ressecamento e à grande perda da sua integridade”, atentou. Por isso, os dermatologistas indicam tanto um produto prebiótico para a rotina de beleza para a pele seca e sensível.

A função de um produto prebiótico + como incluí-lo na rotina de cuidados

A Drª Betina conta que a função dos produtos prebióticos é "alimentar" a flora bacteriana boa da pele e manter intacta a sua barreira de proteção, deixando-a bem hidratada e evitando o surgimento de doenças de pele, como a psoríase e vários tipos de dermatite.
Para facilitar o seu dia a dia, montamos uma rotina de cuidados com a pele sensível usando um produto prebiótico:

1º passo) Lave o rosto usando um sabonete, capaz de promover uma limpeza eficaz, porém segura com ação hidratante e que não deixe a sua pele ressecada. Faça a higiene usando água fria ou morna para não agredir a região.

2º passo) Esse é o melhor momento para hidratar a sua pele! Aposte num hidratante com ação prebiótica para manter a região sensível nutrida e bem fortalecida, como o Toleriane Sensitive, de La Roche-Posay.

3º passo) Use um filtro solar com FPS alto para manter a pele bem protegida. Lembre-se que a radiação também causa a sensibilidade e o ressecamento da região.

4º passo) Finalize com a água termal, que além de ser um ótimo calmante, também alivia os sinais de irritação da pele sensibilizada.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.