Sabe quando aparecem aquelas ruguinhas no rosto e pés de galinha no canto dos olhos, que começam a incomodar? O procedimento dermatológico mais utilizado para eliminar esses efeitos do envelhecimento da pele é o preenchimento facial. Mas você sabia que o ativo utilizado na aplicação, geralmente, é o ácido hialurônico? O DermaClub conversou com a dermatologista Lilia Guadanhim para entender como funciona o tratamento e quais são suas indicações. Confira!

Preenchimento facial: entenda o que é o procedimento

De acordo com a médica, com o envelhecimento natural, ocorre a diminuição na produção de substâncias como o colágeno, a elastina e o ácido hialurônico e o aumento de sua degradação. Além disso, também acontece uma reabsorção óssea e gordurosa no rosto. Essas alterações se manifestam com a perda de sustentação da face e surgimento do famoso “bigode chinês”, das linhas de expressão e aprofundamento das olheiras. “O preenchimento é um procedimento que deve ser realizado por um médico especialista, dermatologista ou cirurgião plástico. Ele consiste na aplicação de um gel, geralmente, o ácido hialurônico, que pode devolver a sustentação perdida com o envelhecimento e preencher diretamente as rugas”, explicou.

O preenchimento facial é indicado apenas para tratamento de rugas? Descubra!

Além de ser utilizado para minimizar as rugas, a médica afirma que com o preenchimento também é possível realizar pequenas alterações para harmonização do rosto, como a suavização das olheiras, aumento dos lábios, melhora da projeção do queixo e da mandíbula, aumento da convexidade da testa, sustentação do lóbulo da orelha, tratamento de cicatrizes de acne, entre outros. “O procedimento também pode ser utilizado para tratar o envelhecimento das mãos e diminuir sequelas e assimetrias faciais decorrentes de acidentes, cirurgias, paralisia facial ou acidente vascular cerebral”, disse.

Saiba por que o ácido hialurônico é utilizado no preenchimento facial

Segundo a Dra. Lilia, o ácido hialurônico é o principal preenchedor utilizado para esse procedimento porque possui uma série de vantagens para o rosto. Entre elas, estão:

- É um componente natural da pele, já que cerca de 55% do órgão é composto por ácido hialurônico;

- É reabsorvível! Dessa forma, as aplicações se adaptam às necessidades da pele em cada fase;

- O ácido hialurônico estimula a produção de colágeno.

Veja qual é o tempo de duração do preenchimento facial

Se eu fizer preenchimento facial vai durar para sempre? A dermatologista explica que a duração do tratamento depende de uma série de fatores. Para os pacientes que possuem produção aumentada de radicais livres, como fumantes e atletas de alto rendimento, têm duração mais curta. No entanto, dependendo do produto e da quantidade de ligações entre as moléculas do local de aplicação, a duração pode variar de seis a 18 meses. “Por isso, para a escolha do produto ideal é levado em consideração diversos critérios, que devem ser pesquisados e conversados com um médico. O procedimento é seguro e os resultados são muitos naturais, desde que seja bem realizado”, revelou.

Posso utilizar algum dermocosmético depois do preenchimento facial?

Existem diversas opções de tratamentos dermocosméticos para complementar o tratamento da pele após o preenchimento facial. Sempre consulte um médico associado à Sociedade Brasileira de Dermatologia para saber qual o tratamento ideal para sua pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.