Durante a gravidez, a pele passa por uma série de mudanças que podem refletir no surgimento de vários problemas, como as estrias, as manchas escuras de melasma, e a flacidez devido ao aumento de peso. Apesar de serem sintomas comuns, é possível prevenir essas complicações durante a gestação? O DermaClub conversou com a dermatologista Tatiane Curi, de São Paulo, que esclareceu o assunto. Veja só!

Por que a mulher fica com estrias, flacidez e melasma durante a gravidez?

De acordo com a médica, a maioria dessas marcas na gravidez acontece por conta dos hormônios e devido ao ganho de peso comum do período. “A flacidez surge em todo o corpo, principalmente na região abdominal, parte interna das coxas e mamas; as estrias podem aparecer também nos seios, parte posterior do joelho, quadril, nádegas e barriga; já as manchas escuras de melasma se manifestam apenas nas regiões expostas à radiação solar - no rosto, pescoço e colo - e são decorrentes ao aumento de alguns hormônios durante a gestação, principalmente o hormônio melanocítico estimulante”, esclareceu.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Como prevenir o melasma na gestação?

A Dra. Tatiana diz que algumas alterações são passíveis de serem prevenidas durante a gestação. “Manchas no rosto, como melasma, podem ser evitadas com o uso adequado do protetor solar diário, bases físicas associadas e até o uso de bonés e chapéus durante o dia. Roupas com tecidos de proteção ultravioleta são ótimos coadjuvantes nessa defesa. Ativos clareadores e antioxidantes podem auxiliar na prevenção de pequenas manchas mas sempre orientados por um dermatologista ao longo da gravidez”, garantiu.

Como evitar o surgimento de estrias e flacidez?

Assim como o melasma, as estrias e a flacidez também podem ser minimizadas com o controle de ganho de peso na gravidez e a hidratação da pele com ativos próprios para a prevenção do estiramento das fibras elásticas e colágenas. “A hidratação mantém as barreiras da pele íntegras, minimizando o surgimento das cicatrizes brancas. A gestante deve ser sempre acompanhada do seu médico obstetra e do seu dermatologista para que ambos possam definir e orientar sobre essa fase da vida cheia de mudanças para as mulheres”, concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.