Quem tem a pele sensível sabe que não pode usar qualquer produto sem orientação médica e sem saber de todos os seus ativos, substâncias e características. Um ponto importante a reparar no rótulo - que muitas pessoas esquecem de averiguar - é se o dermocosmético afirma ser hipoalergênico. Você sabe o que significa essa característica e qual a diferença para um produto antialérgico? Para esclarecer essa questão, o Dermaclub entrevistou a dermatologista Christiane Gonzaga, do Rio de Janeiro. Veja só!

Entenda a diferença entre produtos hipoalergênicos e antialérgicos

Muita gente acredita que produtos hipoalergênicos e antialérgicos possuem a mesma função. Porém, a médica garante que existem características bem diferentes entre ambos. “Hipoalergênicos são dermocosméticos com menores chances de causar alergia nas pessoas, já os antialérgicos são medicamentos usados para tratar as reações alérgicas”, explicou. Vale lembrar que os produtos hipoalergênicos não garantem a ausência de alergias na pele. Dependendo do organismo, cada pessoa pode desencadear diferentes e inesperadas reações.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Conheça as indicações de uso e características de cada produto

Livre de determinadas substâncias conservantes, a Dra. Christiane ressalta que os produtos hipoalergênicos são ideais para peles sensíveis. “Eles possuem princípios ativos de qualidade diferenciada, com substâncias neutras e com o objetivo de garantir a proteção e prevenção contra agentes causadores de alergias”, disse.

Já os antialérgicos só devem ser utilizados se o corpo apresentar reações adversas a determinados compostos, ou seja, se já estiverem manifestando a alergia. “Todas as pessoas podem utilizar, de acordo com o tipo de pele e alergia que costumam desenvolver”, esclareceu. Em todos os casos, é preciso consultar o seu médico para receitar o melhor produto para cada caso.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.