Proteger a pele do sol é um cuidado importante que devemos ter com o corpo e pode ser feito de várias formas. A principal delas é o uso de filtro solar, que deve ser aplicado diariamente 30 minutos antes de se expor à radiação. Mas além desse famoso método, também podemos apostar no uso de barreiras físicas. Você já ouviu falar? Sabe qual é a diferença entre elas e a proteção física? O DermaClub explica para você.

Barreiras físicas x proteção física: entenda a diferença

É importante ressaltar que existem dois tipos de filtros solares: o químico e o físico. O primeiro possui moléculas que absorvem a radiação ultravioleta, transformando-a em uma radiação de baixa energia, criando uma proteção química e impedindo sua penetração na pele. Já o protetor físico é composto por minerais que ficam sobre a pele sem absorção, formando uma cobertura em que os raios batem e são refletidos pelo filtro.

As barreiras físicas são bem diferentes. Enquanto a proteção física é feita com o uso do filtro solar físico, as barreiras físicas são ferramentas e acessórios que protegem a pele contra os raios solares. Dentre eles, podemos citar: guarda-sol, óculos escuros, chapéus e roupas com proteção UV.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Una as duas defesas e garanta uma proteção mais eficaz

Jamais devemos fazer o uso de barreiras físicas sem a utilização do filtro solar. Da mesma maneira que, para manter a pele mais protegida, precisamos ficar debaixo do guarda-sol, usar boné e óculos escuros nos horários de pico usando protetor solar. Sendo assim, para garantir uma maior eficácia na proteção, una as duas defesas, principalmente em locais de alta exposição solar, como em praias e piscinas.

Para maiores dúvidas, consulte seu dermatologista e veja as melhores formas de proteger sua pele do sol.